Uma ação protagonizada pelos estudantes do Centro Estadual Educacional Profissional (Ceep) em Gestão e Negócios do Centro Bahiano Professora Felicidade Jesus Magalhães, no município de Jacobina, tem impactado a população local e do entorno. Por meio do projeto Biblioteca Andante, mais de 1,5 mil livros já foram doados, trocados e emprestados.

A iniciativa acontece através da leitura e doação de livros em diversos locais da cidade, como colégios, ruas, praças e feiras da cidade e região, com o objetivo de incentivar o gosto pela leitura entre as pessoas. Junto a esta ação, os alunos participam da 13ª Gincana de Leitura do Ceep, que é realizada até 10 de agosto.

Luan Mota, 18 anos, aluno do 4º ano do curso técnico em Comércio, conta que a Biblioteca Andante tem funcionado como um importante veículo de incentivo à leitura. “Este projeto é muito interessante porque cria o hábito da leitura ao incentivar a aquisição de um livro. E a proposta de não deixá-lo parado na estante faz com que um maior número de pessoas tenha acesso ao exemplar. É uma forma de adquirir conhecimentos sem custos”, observa.

Idealizador do projeto, o professor de Gestão e Negócios do Ceep, Márcio Melo Silva, conta que já são dois anos de Biblioteca Andante e, ao longo deste tempo, tem percebido que tanto os estudantes como a comunidade em geral abrança a iniciativa com entusiasmo. “Os livros ficam guardados no Ceep e na minha casa e, a cada evento que participamos, a exemplo do Bazar da Amizade, que aconteceu na Praça Rio Branco, levamos os exemplares para doação, troca ou empréstimo”. A próxima parada da Biblioteca Andante será no dia 6 de agosto, no bazar em prol dos animais abandonados que está sendo organizado pelo grupo ‘Anjos das Ruas’.

Gincana de leitura

O projeto multidisciplinar da Gincana de Leitura do Ceep já está integrado ao calendário letivo da unidade escolar e envolve todos os estudantes de todos os cursos da instituição. “Este é o meu segundo ano de participação na gincana e estou muito feliz porque percebo que a proposta de incentivar em nós a leitura para desenvolvermos novas habilidades e competências é contagiante”, explica a estudante Regiane Silva, 18, do 4º ano do curso técnico de Secretariado.

A professora de Língua Portuguesa, Denise Souza, reforça que a Gincana de Leitura tem como objetivo principal aprimorar as competências básicas de ler e escrever na Educação Profissional. Ela destaca que o projeto “prioriza desenvolver a leitura, a análise, a interpretação e a produção textual de variados gêneros, de maneira prazerosa, crítica e satisfatória”.

Além disso, acrescenta a educadora, a Gincana de Leitura visa desenvolver nos alunos práticas, posturas e ações que levem em consideração a atuação eficaz no mercado de trabalho. Uma das tarefas da gincana, por exemplo, é arrecadar livros de Literatura para disponibilizá-los na tradicional feira livre de Jacobina, em apoio ao projeto ‘Formando Leitores: da feira ao hospital’, da Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação