A requalificação urbana do entorno da Arena Fonte Nova foi tema de reunião entre representantes da equipe de Engenharia e Coordenação Social da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), e comerciantes da Rua Djalma Dutra, onde as obras já foram iniciadas. Durante o encontro, na sede da Diretoria do Centro Antigo de Salvador (Dircas/Conder), no Pelourinho/Centro Histórico de Salvador, houve explicação dos detalhes do projeto, que vai beneficiar as ruas da poligonal ao redor do estádio.

As intervenções, executadas pela Conder, a partir de projeto elaborado pela Sedur, faz parte do Plano de Reabilitação do Centro Antigo. Para o presidente da Associação dos Comerciantes da Djalma Dutra e Adjacências, Wellington Alves Motinho, o encontro [realizado na quarta-feira, 18] foi muito positivo. “O projeto atende ao anseio antigo dos comerciantes da região. Nossa expectativa é que as obras tragam melhorias para todos nós”. A lojista Daniela Costa, 16 anos no local, comemorou o início das obras. “Estávamos esquecidos. Vivemos numa situação complicada para o pedestre e o motorista. Ouço muitas reclamações, principalmente de pessoas idosas com algum problema de locomoção. Agora, acredito que, com a organização do espaço, todos nós seremos beneficiados”.

O investimento é de R$ 10,5 milhões em todo o projeto, com recursos dos governos estadual e federal para a substituição de meio-fio, demolição dos passeios antigos e construção de novos em concreto lavado, com piso podotátil e granito polido, e também rampas de acessibilidade. “Vamos construir, ao longo do passeio, uma faixa exclusiva de serviços, onde serão instalados postes e lixeiras para deixar livre o acesso de pedestres e pessoas com necessidades especiais”, afirmou o superintendente Operacional da Dircas/Conder, Milton Melo. Segundo ele, o projeto tem como base a norma brasileira de acessibilidade.

Na ocasião, os comerciantes solicitaram a revisão de alguns pontos, a exemplo da utilização da ciclofaixa e o aumento das áreas de estacionamento. As demandas serão analisadas pela equipe técnica. A obra de requalificação urbana no entorno da Arena Fonte Nova teve início na Avenida Presidente Costa e Silva, entre o estádio, seguindo até a Estação da Lapa. Esse trecho será finalizado, dependendo apenas da relocação dos postes para liberar a faixa de percurso para os pedestres.

Intervenções vão acontecer também a partir da Avenida Vasco da Gama, tangenciando o Dique do Tororó, até a Arena Fonte Nova; em toda a Rua Djalma Dutra, onde está iniciando; na Avenida Castelo Branco (Vale de Nazaré e subida para a Saúde) e na Avenida J.J. Seabra, entre a Sete Portas e a Estação Aquidabã.

Fonte: Ascom/Diretoria do Centro Antigo de Salvador (Dircas)