A importância de uma nova articulação estratégica para desenvolver o turismo gastronômico na Bahia foi um dos itens do debate realizado nesta quarta-feira (11) durante a 2ª edição do programa Mesa ao Vivo Bahia, promovido pela revista Prazeres da Mesa, com o apoio da Secretaria de Turismo do Estado (Setur). A rodada de discussão aconteceu no Sheraton Hotel da Bahia, no Campo Grande, em Salvador, quando o secretário estadual do Turismo, Nelson Pelegrino, destacou a gastronomia baiana como atrativo turístico e cultural. “Este é um grande diferencial e nos oferece um leque de possibilidades. Temos a herança indígena, africana e portuguesa somada à criatividade dos nossos chefs”.

Para melhor explorar este potencial, Pelegrino disse que o governo aposta na promoção do destino, com espaço especial à gastronomia baiana. Entre as ações previstas, ele defendeu a realização de festivais gastronômicos regionais, que ajudarão a mobilizar e divulgar roteiros. O empenho da Setur no trabalho contínuo de qualificação dos serviços turísticos também foi assinalado pelo secretário.

Participaram da mesa de debate a coordenadora da Câmara Empresarial Turismo Bahia, Avani Duran, o secretário municipal de Turismo, Érico Mendonça, o chef e empresário Edinho Engel e o dirigente do Salvador Destination, Roberto Duran, entre outras lideranças do setor, encerrando uma programação de três dias de aulas, palestras, jantares e sessões de degustação inspiradas no tema ‘Os Biomas da Bahia: tradições revisitadas, técnicas populares e produtos regionais’.

Fonte: Ascom/Secretaria do Turismo do Estado (Setur)