Buscando estimular a cultura da doação de sangue e intensificar o relacionamento com a sociedade, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) lança o ‘I Concurso Cultural – Cordel da Doação’. A iniciativa é uma das estratégias da fundação para despertar o interesse da população sobre a doação de sangue, por meio de uma das mais significativas expressões da tradição nordestina, a literatura de cordel.

Um dos maiores símbolos do gênero literário da Bahia, o cordelista Antônio Ribeiro da Conceição, o Bule-Bule, irá apoiar a Hemoba neste projeto, que pretende ampliar o número de doadores captados e reforçar os estoques de sangue durante todo o período que antecede as festas populares do mês de junho. Os festejos juninos estimulam bastante o movimento de pessoas nas cidades e nas estradas da Bahia. Nesta época do ano, o número de acidentes pode aumentar muito, gerando uma alta demanda transfusional.

Podem participar do concurso todas as pessoas físicas, sem limitação de idade, residentes no estado da Bahia. Os participantes deverão escrever poemas de cordel que estimulem a doação de sangue, devendo citar os temas ‘Dia dos Namorados’, ‘Dia Mundial do Doador de Sangue’ e ‘Festas Juninas’.

A inscrição deve ser feita de 19 a 31 de maio, através do e-mail cordel@hemoba.ba.gov.br. O assunto do e-mail deve ser identificado com a palavra cordel. É indispensável informar o nome, idade, endereço e número de contato com DDD. Os vencedores terão o cordel publicado na rede social da Hemoba e ganharão o poema impresso, junto com uma cesta junina e uma camisa da fundação. O regulamento do concurso pode ser conferido no site institucional da Fundação Hemoba.

Fonte: Ascom/Hemoba