Uma nova realidade no atendimento à saúde de mais de 500 mil baianos moradores de municípios do sudoeste da Bahia. É o que proporcionará a instalação da policlínica já em construção na cidade de Jequié e que será administrada no modelo dos consórcios de saúde. Nesta sexta-feira (6), o governador Rui Costa assinou a ardem de serviço para as obras da unidade, em evento realizado no Centro de Cultura de Jequié. Além da cidade-sede, a policlínica beneficiará outras 25 cidades do Vale do Jiquiriça e Médio Rio de Contas.

De acordo com o governador, o investimento de R$ 17 milhões em um equipamento completo vai facilitar e descentralizar o acesso à assistência à saúde para milhares de baianos. “Esse também é um grande momento para todos os municípios [da região]. Não é só a construção de uma policlínica ou uma obra física, é um conceito que estamos mudando. Estamos juntos construindo uma nova história da saúde pública na Bahia”, disse Rui.

O governador foi ao local onde a policlínica será construída e vistoriou o projeto acompanhado da primeira-dama e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia, Aline Peixoto, e outras autoridades. Após a conclusão da obra, 18 especialidades médicas estarão disponíveis para população, como angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastroenterologia, mastologia, neurologia, otorrinolaringologia, oftalmologia, urologia, ginecologia e ortopedia, além de exames de média complexidade, a exemplo de ultrassonografia e endoscopia.

Para o secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, a policlínica irá garantir resolutividade à atenção básica. “Nós iremos permitir que os pacientes que são atendidos nas unidades básicas de saúde possam ter acesso a exames de alta complexidade e exames com especialistas”, afirmou.

A unidade será administrada pelo consórcio de saúde, composto pelas prefeituras de Aiquara, Apuarema, Barra do Rocha, Boa Nova, Brejões, Cravolândia, Dário Meira, Ibirataia, Ipiaú, Irajuba, Iramaia, Itagi, Itagibá, Itamari, Itaquara, Itiruçu, Jaguaquara, Jequié, Jitaúna, Lafaiete Coutinho, Lajedo do Tabocal, Manoel Vitorino, Maracás, Nova Itarana, Planaltino e Santa Inês.

Essa é a segunda policlínica a ter as obras iniciadas no estado. A primeira foi a de Teixeira de Freitas, que atenderá 13 municípios do Extremo Sul. Também já foram licitadas as unidades das regiões de Guanambi, Irecê e Paulo Afonso. No total, o Governo do Estado pretende construir 28 equipamentos desse tipo, que funcionarão por meio de consórcios de saúde.

Reforço na segurança e no campo

Ainda na visita a Jequié, nesta sexta (6), Rui Costa foi recebido pelos policiais militares na recém-instalada Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe). Cerca de 100 militares já trabalham para reforçar a segurança pública em 48 municípios da região.

Além da saúde e do policiamento, a agricultura familiar também recebeu fortalecimento e dinamização no Território Médio Rio das Contas. A Cooperativa de Produtores da Agricultura Familiar (Coopraf) recebeu um caminhão baú e um caminhão frigorífico e 72 títulos de terra foram entregues a agricultores de cinco municípios.

Repórter: Eudes Benício

Publicada às 13h
Atualizada às 15h46