Termina nesta segunda-feira (23) a 1ª Feira Feminista da Chapada Diamantina, que acontece desde o último sábado no Mercado Cultural de Lençóis, com a participação de mais de 200 mulheres da região. Apresentações culturais, exposição de produtos da culinária e do artesanato da região, além de palestras e oficinas, são algumas das atividades que fazem parte da programação do evento.

A secretária estadual de Políticas para as Mulheres, Olívia Santana, participou da abertura oficial da Feira, no domingo (22). Durante pronunciamento, ela tratou da temática “Mulheres na Política e no Poder” e lembrou às participantes da importância da continuidade do projeto, para o fortalecimento do empoderamento das mulheres da região.

A produtora de polpas de frutas Alicia Brito, do município de Palmeiras, também compôs a mesa de abertura. Em sua fala, ela ressaltou a importância da união das mulheres para a expansão dos negócios da região.

Projeto Margaridas

A 1ª Feira Feminista da Chapada Diamantina faz parte da programação das 27 feiras estaduais que serão promovidas em todos os territórios de identidade da Bahia, por meio do Projeto Margaridas, resultado de convênio entre a Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado (SPM) e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

O objetivo é atender às moradoras das zonas rurais dos municípios baianos, com intuito de promover a cidadania e a autonomia econômica e social destas mulheres, além de auxiliar na prevenção e no enfrentamento de todas as formas de violência.

Para a mobilizadora social Geisa Gabriele, que esteve presente no segundo dia do evento, o encontro é importante por ser uma forma de chamar atenção para a questão da busca da autonomia das mulheres da Chapada Diamantina.

Fonte: Ascom/SPM