A mostra itinerante de filmes de países africanos e da diáspora ‘CineKanema’, segue com a programação de maio na Biblioteca Pública Thales de Azevedo, unidade vinculada à Fundação Pedro Calmon da Secretaria de Cultura do Estado (FPC/Secult). A apresentação de filmes acontece nesta quinta-feira (12) e no próximo dia e 19 de maio, tendo comentários do doutorando do Programa de Pós-Graduação em Literatura e Cultura na Universidade Federal da Bahia (Ufba), Alex França, que também é especialista em Metodologia do Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Indígena, e mestre em Literatura e Cultura pela Ufba.

Nesta quinta, às 14h, ocorre a exibição do filme ‘A respeito da violência: nove cenas de autodefesa anti-imperialista’, dirigido em 2014 pelo sueco Göran Hugo Olsson. O documentário é uma narrativa visual baseada em material de arquivo, que abrange a luta de libertação do domínio colonial dos países africanos nas décadas de 1960-70. O longa-metragem é inspirado no livro ‘Os Condenados da Terra’, do filósofo Frantz Fanon.

No dia 19, também às 14h, vão ser apresentados os curtas-metragens ‘Alma no Olho’ e ‘Abolição’, do brasileiro Zózimo Bulbul. ‘Alma no Olho’, de 1974 faz reflexão sobre a identidade negra no Brasil, através de mímica e linguagem corporal, focando a origem africana, a colonização europeia e a liberação por meio da identidade cultural. O curta atravessa alguns séculos de história, desde a África antes da invasão europeia até a vida de exclusão imposta aos negros na sociedade brasileira. Em seguida, os participantes assistem ao longa ‘Abolição’ produzido, em 1988, durante o Centenário da Abolição da Escravatura. O documentário descreve a vida social, histórica e cultural do negro no Brasil. Confira mais informações no site da Secult.

Fonte: Ascom/Fundação Pedro Calmon (FPC)