A Comissão Gerenciadora do Programa Estadual de Incentivo ao Esporte Amador do Estado da Bahia (FazAtleta) acaba de liberar R$ 1,5 milhão para beneficiar, diretamente, atletas, equipes e eventos que se enquadram na categoria esporte amador olímpico e paraolímpico. Esta é a primeira parcela de um montante de R$ 4,5 milhões disponibilizados pelo Governo do Estado.

O colegiado do FazAtleta aprovou 31 propostas de incentivos fiscais na reunião realizada último dia 27. Entre os contemplados estão o maratonista aquático Allan do Carmo (com vaga garantida nas Olimpíadas Rio 2016); os paraolímpicos Renê Pereira (remador também com vaga garantida na Rio 2016) e Verônica Almeida (nadadora que aguarda a confirmação de vaga). A relação completa dos projetos a serem beneficiados com recursos do Governo do Estado, por meio da isenção do ICMS, foi divulgada no Diário Oficial do Estado no último sábado (29).

Em 2015, o FazAtleta liberou quase R$ 3 milhões, quando foram apoiados um total de 62 atletas: 30 do judô; 11 da natação e maratonas aquáticas; seis no ciclismo; cinco no tênis; quatro no karatê. E ainda um em cada das modalidades de jet-ski, hipismo, jiu-jitsu, triathlon, remo adaptado, taekwondo; além de seis eventos.

O secretário estadual do Trabalho e Esporte, Álvaro Gomes, ressalta o esforço do Governo da Bahia em manter em ação o FazAtleta e o Bolsa Esporte, programas de incentivo ao esporte, “mesmo diante da atual retração da atividade da economia brasileira”.

Fonte: Ascom/Setre