A Arena Fonte Nova, templo do futebol da Bahia, é o cenário de grandes emoções vivenciadas pelos 1.280 novos técnicos de nível médio, que estão sendo diplomados pelo Governo do Estado, na noite desta quarta-feira (4). São técnicos de nível médio em Enfermagem, Meio Ambiente, Nutrição Dietética, Eletromecânica, Administração e de mais 30 cursos ofertados pela Rede Estadual de Educação Profissional da Bahia, em Salvador e região metropolitana. Em toda a Bahia, estão sendo formados 10.459 técnicos, nos 27 territórios de identidade. No estádio de futebol, a cerimônia de diplomação foi aberta com o Hino da Bahia interpretado pelo cantor Tatau.

Parte do programa Educar para Transformar, a Rede Estadual de Educação Profissional da Bahia é a segunda maior do País na oferta de cursos técnicos de nível médio entre as redes estaduais. O secretário da Educação, Osvaldo Barreto, fala sobre os avanços da Educação Profissional na Bahia. Ele destaca que a rede estadual tem atualmente “82 mil estudantes matriculados em cursos técnicos de nível médio […] oportunizando que estes jovens e trabalhadores tenham mais chance de ingressar no mundo do trabalho e permanecerem em seus locais de origem”.

Vestidos de beca e ladeados pelos familiares, os concluintes dos cursos esbanjam alegria pela formação profissional e as oportunidades da inserção cidadã no mundo do trabalho. A estudante que fez o juramento em nome dos 1.280 formandos e agora técnica de nível médio em Enfermagem, Jamile Almeida, 21 anos, afirma estar realizada. “Fui escolhida pelos colegas para fazer o juramento. Isso […] é uma honra. O juramento é o momento que nos consagra técnicos, garantindo atuar com responsabilidade e ética”. Ela estudou no Colégio Estadual Presidente Costa e Silva, localizado no bairro da Ribeira, em Salvador.

Para a oradora da formatura, Jéssica Amarante, 24, a mensagem que transmitiu aos colegas destaca a importância da educação e de valorização da escola pública. “É gratificante falar em nome de todos e representar a escola pública, é um momento único. Quero passar a mensagem da importância dos cursos técnicos para a formação pessoal e profissional dos jovens e adultos”, disse a mais nova técnica em Administração, que concluiu o curso no Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão Severino Vieira, no bairro de Nazaré, na capital baiana.

Para o superintendente da Educação Profissional, Almerico Lima, mais do que uma comemoração, a formatura concretiza a passagem dos jovens e adultos formados para um novo período da vida. “Toda formatura é o fim de um ciclo, fruto de um esforço coletivo. São mais de 10 mil formandos com mão de obra qualificada e compreensão técnica e social que contribui para o desenvolvimento da Bahia”.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado da Bahia