O Governo do Estado está formando 10.459 técnicos de nível médio em todos os 27 Territórios de Identidade da Bahia, que concluíram os cursos em 2015. Destes, 1.280 são do Território de Identidade Metropolitano de Salvador, que serão diplomados, nesta quarta-feira (4), em solenidade na Arena Fonte Nova. A cerimônia, às 19h, vai reunir estudantes de 36 unidades de ensino que oferecem Educação Profissional na capital e na região metropolitana, além dos familiares, e terá a participação do cantor Tatau, que cantará o Hino ao Dois de Julho, na abertura do evento.

O formando do curso técnico de Análises Clínicas, do Ceep Anísio Teixeira, no bairro da Caixa D’Água, Tadeu Cristiano de Lima, 39 anos, diz que a formatura é um momento muito aguardado por ele. “Estou muito feliz por me formar, principalmente por realizar o sonho da minha mãe, que sempre quis ver um filho jogando o chapéu para cima numa formatura. Fico feliz por proporcionar esse momento com ela em vida”. Ele informa toda sua família participará do evento.

A expectativa é que mais de quatro mil pessoas participem da cerimônia. “Esta é a sétima edição da formatura na capital. Mais do que um momento de alegria para todos nós é o coroamento de uma realização muito importante na vida dessas pessoas. A partir daí, o nosso egresso se apresenta ao mundo do trabalho com uma formação técnica profissional. Isto é um grande diferencial que abre possibilidades reais de inserção e, consequentemente, contribui para o desenvolvimento socioeconômico do nosso Estado”, afirma a diretora da Superintendência de Desenvolvimento da Educação Profissional do Estado da Bahia, Cristina Kavalkievicz.

Oportunidade

Com a formação, jovens e trabalhadores estarão aptos para atender e se beneficiarem das demandas geradas pelo desenvolvimento socioeconômico e ambiental da Bahia, podendo, desta forma, permanecer nos seus locais de origem. Um exemplo é a formanda Lúcia Maria de Morais, 56, que se interessou pelos estudos após atuar como voluntária, durante dois anos, no Centro Estadual de Educação Profissional Luiz Navarro de Brito, localizado no bairro da Lapinha, para acompanhar os estudos da filha, Jonaraci Santos de Morais, e hoje trabalha na mesma unidade escolar que estudou.

“Eu já tinha o curso técnico de Secretariado, mas quando comecei a fazer o trabalho voluntário, tomei gosto pelo trabalho e vi a oportunidade de agregar conhecimento com o curso técnico de Secretaria Escolar, no Ceep Luiz Navarro de Brito. Hoje, sou contratada de uma empresa que presta serviços para o Centro onde comecei como voluntária e onde eu minha filha estudamos. Modéstia à parte, estou me saindo muito bem”, enfatiza Lúcia Maria.

Vanessa Sousa, 23, formanda do curso técnico em Edificações, do Ceep em Gestão Severino Vieira, no bairro de Nazaré, afirma que o curso proporcionou o crescimento profissional que sempre sonhou. “Estou muito satisfeita com a formação do curso em Edificações. Trabalho no que eu gosto e ganhando bem por isso”. Ela atua no setor de manutenção da Fundação Nacional de Saúde, há quase dois anos.

Segunda rede estadual de Educação Profissional do País

A rede estadual de Educação Profissional da Bahia é a segunda maior do País na oferta de cursos técnicos de nível médio e é parte do programa Educar para Transformar para uma formação e inserção cidadã dos jovens e trabalhadores no mundo do trabalho. Mais de 55 mil estudantes da rede estadual da Educação já concluíram o curso técnico de nível médio em toda Bahia desde 2010. A Rede Estadual de Educação Profissional da Bahia é a segunda maior do Brasil na oferta de cursos técnicos de nível médio entre as redes estaduais, atrás apenas do estado de São Paulo.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado da Bahia