Dois milhões de exemplares da cartilha ‘Família e Escola – quando todo mundo se junta a educação melhora’ estão sendo distribuídos pelo Governo do Estado nas escolas públicas da Bahia. A ação faz parte do programa Educar para Transformar e objetiva ampliar a integração da família e a escola, contribuindo para que mães, pais e responsáveis acompanhem ainda mais a vida escolar dos filhos e auxiliem no seu desempenho escolar. A versão digital está disponível no Portal da Educação.

“O Governo do Estado, por meio do Educar para Transformar, tem implementado várias ações para aproximar as famílias da escola. Promoveu eleição para o colegiado escolar, aumentou a participação das famílias nas eleições para dirigentes escolares e, agora, lança esta cartilha, que é mais um instrumento com orientações para que as famílias acompanhem mais de perto e contribuam com o desempenho escolar dos seus filhos”, afirma o secretário estadual da Educação, Osvaldo Barreto.

Composta por ilustrações que retratam a rotina do estudante na escola e em casa, a cartilha orienta pais, mães e responsáveis de como acompanhar a frequência escolar, o boletim de notas e a grade de aulas. Também aponta como é possível contribuir com a gestão escolar para a melhoria da educação inclusive no acompanhamento dos recursos destinados pelo Estado. Além disso, estimula o respeito e a solidariedade entre a comunidade escolar.

Rita de Cássia da Rocha é representante dos pais e mães do Colegiado Escolar do Colégio Estadual Raphael Serravalle, no bairro da Pituba, em Salvador, e enfatiza a importância dos pais estarem presentes na escola e participarem da educação dos filhos, “para saber das suas necessidades e ajudá-los”. O primeiro ensinamento, segundo a mãe de Aislin dos Santos Rocha, 15 anos, estudante do 2º ano do ensino médio, “deve vir de casa. Essa cartilha vai ajudar aos pais a perceberem quais as suas responsabilidades na educação escolar do filho”.

Ela ainda acrescenta que a participação dos pais na vida escolar dos filhos faz muita diferença para sua carreira profissional. “Tenho dois filhos que estudaram no Colégio Serravalle e hoje já estão formados. “Um é engenheiro e o outro intérprete de uma empresa multinacional. Sinto prazer em participar e estar presente na escola”.

Mais integração

Envolver cada vez mais a família na Educação escolar dos alunos é a meta principal do eixo cinco do programa Educar para Transformar. Com projetos e ações, o Governo da Bahia tem aproximado cada vez mais a família da escola, a exemplo do Colegiado Escolar – conselho que se reúne mensalmente para colaborar com a melhoria da escola – e que conta com uma representação de pais, mães ou responsáveis de alunos. Além disso, o Estado ampliou a participação da família na eleição direta para dirigentes escolares, que, somados os votos válidos dos pais e dos estudantes, totalizam 55%.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado da Bahia