A quinta edição do ‘Sarau da Imprensa’ debate, nesta quinta-feira (12), às 19h, o tema ‘Arquitetura, Urbanismo, Centro Histórico: o Real Des-visto’. O evento acontece na Associação Bahiana de Imprensa (ABI) com a participação da arquiteta Iara Sydenstricker, a jornalista especializada em patrimônio material e imaterial, Mary Weinstein, e o superintendente regional do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Fernando Ornelas.

A atração musical do evento, que celebra o Dia Internacional da Liberdade de Imprensa (3 de maio), são Ubiratan Marques & Asé Ensemble. Estudantes, profissionais liberais, classe artística, jornalistas, comunicólogos, intelectuais, formadores de opinião e demais interessados têm acesso livre e gratuito ao encontro. O projeto é realizado com apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura da Bahia (FCB), administrado pelas secretarias da Fazenda (Sefaz-BA) e de Cultura (Secult).

Mediador do projeto, o jornalista Ernesto Marques cita as transformações da estrutura arquitetônica e urbanística, nas últimas décadas, principalmente desde a implantação do Polo Petroquímico de Camaçari e a construção do Centro Administrativo da Bahia (CAB). Essas mudanças ganham contornos específicos quando a cidade é observada a partir do Centro Histórico, que compreende locais conhecidos mundialmente como Pelourinho, Elevador Lacerda, Praça Castro Alves e Mercado Modelo.

Entidades como Movimento Sem Teto da Bahia, Associação de Moradores da Gamboa de Baixo, Movimento Nosso Bairro é 2 de Julho e Artífices da Ladeira da Conceição da Praia criaram o movimento ‘O Centro Sangra’, que luta pela preservação do Centro Histórico. O ‘Sarau da Imprensa’, que realiza um encontro por mês, sempre às quintas-feiras a partir das 19h, prossegue até o mês de junho, Para abordar temas contemporâneos, o projeto sempre convida especialistas e promove apresentações artísticas para dialogar com cada tema proposto.

Fonte: Ascom/Secretaria de Cultura do Estado (Secult)