Cerca de 20 indígenas da Aldeia Bujingão, localizada em Porto Seguro, serão capacitados em pesca e navegação em águas abrigadas e profundas a partir desta terça-feira (3). Promovido pela Bahia Pesca, vinculada à Secretaria da Agricultura (Seagri), o curso vai ser realizado no Centro Vocacional Tecnológico do Pescado (CVTT), em Santo Amaro, no Recôncavo Baiano.
“Serão 32 horas de aulas teóricas e práticas que irão capacitar os índios a aumentarem sua produtividade, obtendo mais alimento e renda para suas famílias”, explica o professor do curso e técnico da Bahia Pesca, Roberto Pantaleão. Durante a capacitação, os alunos aprenderão a traçar rumos em carta náutica, coordenadas geográficas, uso de GPS, novas tecnologias de pesca (espinhel e jump jig), tipos de cabos, nós, voltas e trabalhos do marinheiro. As aulas desta primeira turma terminam no dia 6.

“Outros 50 indígenas da aldeia, que não puderam participar desta turma, terão uma segunda oportunidade em data a ser divulgada em breve. A aldeia Bujingão foi escolhida para esta capacitação por já utilizar, na atividade pesqueira, embarcações em fibra de vidro motorizadas”, complementa o presidente da Bahia Pesca, Dernival Oliveira Júnior.

Além de oferecer a estrutura do CVTT para os cursos, a Bahia Pesca também disponibilizará um ônibus para o transporte dos alunos, alojamento, alimentação e material didático gratuito.

Fonte: Ascom/Bahia Pesca