A Comissão Interna de Prevenção a Acidentes (Cipa) da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb) entrou de vez na campanha de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor das doenças zica, dengue e chikungunya. Em parceria com a Coordenação do Centro Administrativo da Bahia (CCAB) e o Centro de Controle de Zoonoses do Município de Salvador, na sexta-feira (18), a Prodeb fez completa inspeção em suas instalações visando localizar e identificar possíveis criadouros do mosquito.

A ação resultou na coleta de larvas em sete locais da empresa já encaminhadas a exames laboratoriais para identificar de qual mosquito são. Segundo os técnicos da CCAB, os resultados estarão disponíveis em 15 dias. Independentemente dos laudos, a empresa já adotou providências como a aquisição de larvicida para tratar as áreas infestadas e a colocação de telas a fim de evitar que as fêmeas cheguem a esses locais para depositar ovos.

Fonte: Ascom/Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb)