Reclamações, denúncias, pedido de informações e elogios sobre os serviços públicos prestado pelo Estado vão poder ser feito pelos moradores do bairro de Pirajá, em Salvador, à Ouvidoria Geral (OGE). Para permitir que isso aconteça com mais agilidade, o órgão vai colocar à disposição da comunidade, o projeto Ouvidoria nos Bairros.

O atendimento será realizado na tarde desta quarta-feira (9), das 14 às 17h, no Colégio Estadual Cesare Casali, localizado no Conjunto Pirajá 1, no final de linha, ao lado da 9º CIPM, por meio da equipe da Central de Atendimento da OGE, que vai registrar as manifestações via Sistema TAG.

De acordo com o ouvidor-geral, Yulo Oiticica, o projeto tem o propósito de ampliar o acesso do cidadão a este mecanismo de participação social, promoção da transparência pública e cumprimento a Lei de Acesso à Informação (LAI).Também faz parte de um conjunto de ações que buscam fomentar a cultura da informação no Estado, expandindo o conhecimento dos cidadãos sobre seus direitos, além de promover a qualidade da gestão pública e fortalecer a democracia.

"O Ouvidoria nos Bairros aproxima o cidadão deste instrumento de controle social que é a OGE, contribuindo com a melhoria dos serviços públicos estaduais, além de potencializar o acesso às informações públicas, enquanto direito, previsto em lei", enfatiza Oiticica.

Fonte: Ascom/Ouvidoria Geral do Estado (OGE)