Uma semana inteira de programação foi especialmente montada para prestigiar mães, educadoras e trabalhadoras do Centro de Atendimento Educacional Especializado Pestalozzi, unidade da rede estadual de ensino e que atende a 265 estudantes com Transtorno do Espectro Autista (TEA) das redes estadual, municipal e privada. A homenagem ao mês da mulhe, prossegue até esta sexta-feira (11), com oficinas e palestras abordando temáticas variadas como direito das mulheres, alimentação saudável, estética e importância da atividade física.

Elaine Cristina Oliveira acompanha o filho Samuel Santos de Jesus, 9 anos, duas vezes na semana, ao Centro Pestalozzi. Ela diz que essas ações da instituição ajudam no relaxamento das mães. “Estou adorando as palestras. São informações importantes para as mulheres. É um momento de apoio para todas nós”.

O diretor do Centro, Ricardo Baqueiro, informa que pretende dar continuidade a ações como esta ao longo do ano. “Compreendemos que precisamos cuidar das cuidadoras dos nossos alunos. Sabemos da importância de criar momentos assim para mães e pais que estão o tempo todo voltados para os seus filhos”.

Na palestra sobre ‘Estética e estima das mulheres’, a enfermeira e consultora de beleza, Carine Prates, enfatizou a necessidade do cuidado de si. “Entendo que algumas mães tenham dificuldades de se cuidar, pela falta de tempo e por se dedicarem tanto aos filhos, mas passei para elas a importância de elas cuidarem da saúde física e da autoestima para seguirem bem nas suas atividades”.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado da Bahia