O governador em exercício, João Leão, esteve em Brasília, nesta terça-feira (8), para solicitar a liberação de recursos federais que têm como destino obras de infraestrutura hídrica na Bahia. Ao todo, o pleito chega a R$ 318 milhões.
Acompanhado pelo secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, pelo presidente da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), Rogério Cedraz, e pelo representante do governo do Estado na capital federal, Jonas Paulo, ele participou de conversas nos ministérios das Cidades e do Planejamento, além da Caixa Econômica Federal.
Estão na lista de pedidos o sistema de abastecimento de água de Machadinho Norte, o de Paulo Afonso, de Barra do Pojuca e os sistemas de esgotamento sanitário de Senhor do Bonfim e de Ilhéus. Na Região Metropolitana de Salvador (RMS), a intenção é duplicar adutora e, assim, garantir segurança hídrica para 265 mil pessoas nos municípios de Candeias, Madre de Deus e São Francisco do Conde.