Em quatro dias de ações educativas e de fiscalização no município de Jacobina, no centro norte do estado, a Caravana do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) contabilizou 452 veículos abordados e 134 autuados em blitzes realizadas com o apoio da Polícia Militar e da Superintendência Municipal de Trânsito e Transporte.
De acordo com o coordenador da operação, capitão Rômulo Rodrigues, os mototaxistas preocupam o órgão de trânsito. "O maior número de ocorrências em Jacobina foi a falta de habilitação, principalmente entre mototaxistas, o que preocupa muito. Eles colocam em risco a própria vida e a dos passageiros, transitando perigosamente, já que não dominam as leis de trânsito. Por isso, a importância da ação do Detran”. 
Em uma das blitzes do Detran, a história do agricultor Rosário de Almeida, 56 anos, chamou a atenção dos fiscais. Abordado quando transportava a neta para a escola de moto, ele foi liberado após apresentar a documentação e os equipamentos de segurança. Na ocasião, o agricultor relatou um caso comovente.
"Quando minha filha era criança, ela ia para a escola de carroça. Hoje, posso me dar ao luxo de trazer a neta de moto. Quando paro e penso nisso, vejo o quanto as coisas evoluíram e que é indispensável a fiscalização no trânsito. Antes de comprar a moto, tirei a habilitação e a documentação do veículo está toda paga", afirmou.
Como Rosário, a maior parte da população do município aprovou as abordagens. "Acho que devia ter blitz todo dia. Algumas pessoas não entendem, mas isso reflete em nossa segurança”, defendeu a esteticista Janira Oliveira, 32.
Empresas e escolas
Autoescolas, clínicas, empresas de vistoria e de placas credenciadas ao Detran foram também fiscalizadas. O órgão ainda monitorou a venda de peças nos ferros-velhos para coibir o comércio ilegal. A Autoescola Jacobina foi advertida por causa da falta de itens de acessibilidade no local e por usar uma moto sem retrovisor. A empresa recebeu o prazo de 48 horas para regularizar a situação, sob pena de ser notificada e ter as atividades suspensas.
Na área educativa, 433 alunos de escolas públicas do município participaram de palestras sobre cidadania e os servidores da 20ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) foram capacitados por instrutores do Detran para melhorar o atendimento à população.
Fonte: Ascom/Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA)