Como parte das comemorações do Dia Internacional das Mulheres (8 de março), o governo da Bahia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), promove a 2ª Conferência Livre de Ater para Mulheres, nesta quinta (10) e sexta-feira (11), no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador. O objetivo é definir estratégias e ações para promover a universalização da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) pública e de qualidade às agricultoras familiares da Bahia. O evento deverá reunir cerca de 200 mulheres, sendo 130 agricultoras familiares de todos os Territórios de Identidade do Estado. A abertura será às 14h da quinta-feira.

Com o tema “Ater, Agroecologia e Alimentos Saudáveis. Sem Feminismo não existe Agroecologia. Sem Agroecologia não existem Alimentos Saudáveis – Ater, para Mulheres já!”, a conferência amplia o debate em torno da inclusão sócio produtiva das mulheres camponesas.

Entre os temas que serão discutidos Direitos Previdenciários e Políticas Públicas para Mulheres Rurais, Questões de Gênero e Trabalho e Violência no Campo, Sistema Nacional de Ater – Fortalecimento Institucional, Estruturação, Gestão, Financiamento, Participação Social e empoderamento de gênero e geração, Ater e Políticas Públicas para as Mulheres, Formação e construção de conhecimentos na Agroecologia e na Ater – sem feminismo não se faz a Agroecologia.

O encontro é uma etapa preparatória para a 2ª Conferência Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar e na Reforma Agrária (Ceater), que será realizada entre 6 e 8 de abril, com o tema central ‘Ater, Agroecologia e Alimentos Saudáveis’.