Os profissionais do Sistema Único da Assistência Social (Suas) revisitam o Plano Decenal da Assistência Social para avaliar e propor diretrizes para os próximos dez anos, com o objetivo de avançar na consolidação do Suas. São cinco encontros regionais que antecedem a etapa nacional, que será realizada em Brasília, de 23 a 25 de maio. A cidade de Natal reúne os gestores e técnicos dos estados, nestas segunda (28) e terça-feira (29), para a realização do quarto encontro regional.

O secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Geraldo Reis, participa do evento juntamente com a superintendente de Assistência Social, Mara Moraes, e equipe técnica. Entre os desafios apontados para a próxima década está a universalização do Suas em todo o território nacional, com a implantação de instrumentos de monitoração, avaliação e planejamento, e bases legais e normativas que unifiquem o funcionamento da rede. Também como meta está a criação de um novo modelo de cofinanciamento, que o aproxime das demandas da população e dos custos da oferta dos serviços.

Para o secretário Geraldo Reis, discutir o novo plano decenal para a política de Assistência Social do país torna-se ainda mais importante e necessário diante da ameaça ao projeto político que possibilitou a criação do Sistema. “Trata-se de um debate técnico que ganha grandes repercussões políticas face ao momento histórico que atravessamos, em que as forças sociais defensoras de privilégios ameaçam a continuidade do projeto político que possibilitou a criação do Suas. Devemos, portanto, reafirmar o papel da Assistência Social enquanto política pública essencial à consolidação do Estado de Bem Estar Social, e aproveitar a oportunidade desse evento, que conta com participação de mais de mil gestores e técnicos de todo o nordeste, para assumirmos a defesa do Estado Democrático de Direito,”, afirmou o secretário.

Fonte: Ascom/Secretaria de Justiça, Diretos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS)