Diante da importância da Bahia Farm Show para a economia regional, e difusão de tecnologia no campo, o secretário da Agricultura da Bahia, Vitor Bonfim, reuniu-se nesta quinta-feira (10) com representantes das secretarias de Planejamento (Seplan), Meio Ambiente (Sema), Infraestrutura Hídrica (SIHS), Desenvolvimento Econômico (SDE), Turismo (Setur), e Ciência e Tecnologia (Secti) buscando fortalecer parcerias com a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), para realização da feira, em maio deste ano.

“É importante o incentivo do Governo do Estado para realização do evento, visto que a população do oeste, que, normalmente, tem como referência os as cidades de Goiânia e Brasília, se sinta cada dia mais baiano. A participação das secretarias na exposição estreita essa relação”, destacou Vitor Bonfim.

O presidente da Aiba, Júlio Busato, instituição responsável pela organização da feira, apresentou alguns dos motivos pelos quais o Governo deve apoiar a Bahia Farm, que esse ano cumpre o desafio de se transformar na feira do Matopiba. Essa região é a nova fronteira agrícola formada pelos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, que abrange 337 municípios e 31 microregiões, em um total de 73 milhões de hectares. A Bahia ocupa 18,06% da área, com 13,2 milhões de hectares e 30 municípios.

A 12ª edição da Bahia Farm Show, maior feira de tecnologia agrícola e negócios do Norte-Nordeste do Brasil e do Matopiba, acontece no município de Luís Eduardo Magalhães (LEM), entre os dias 24 e 28 de maio. A feira é a demonstração do potencial agrícola do oeste, que responde por 100% da soja da Bahia. O milho cultivado na região abastece 90% do Norte e Nordeste e a produção de algodão torna a Bahia a segunda maior produtora da do Brasil.

Fonte: Ascom/ Secretaria da Agricultura,Pecuária, Irrigação,Pesca e Aquicultura (Seagri)