Antes mesmo da festa começar, todos os cerca de 300 veículos envolvidos no Carnaval começam a concentração no Parque de Exposições de Salvador. Até a próxima sexta-feira (5), trios, carros de apoio e minitrios precisam passar por vistoria técnica para desfilar nos circuitos da cidade. Os condutores também fazem curso obrigatório promovido pelo Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) para garantir a segurança de foliões e de quem trabalha no período. 
No Parque de Exposições, a concentração de trios começou no último dia 28, com o início das vistorias realizadas pelo Detran, pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT), Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia da Bahia (Crea-BA) e Corpo de Bombeiros. São avaliados a documentação do veículo, número do chassi, dimensão do trio ou carro de apoio, presença de grades protetoras, condições dos pneus, retrovisores e outros itens de segurança.
De acordo com o diretor do Detran-BA, Maurício Bacelar, o órgão está acompanhando de perto a organização da festa. “Atuamos em todo o estado para um trânsito com segurança. Estamos empenhados nas ações de prevenção para preservar um dos nossos patrimônios culturais, que é o Carnaval, e preservar a vida de todos que participam da folia”, explicou o diretor. 
Os donos do veículos que não se adequarem às normas têm até a próxima sexta (5) ou o dia anterior ao desfile, caso participe do Carnaval na quarta ou quinta-feira, para sanar as irregularidades e obter a aprovação dos peritos. Sem o aval de todas as instituições envolvidas, o trio ou carro de apoio fica impossibilitado de circular na festa. 
Para o coordenador de perícias do Detran-BA, Domingos Lemos, as especificações devem ser cumpridas com todo o rigor e os técnicos trabalharão também nas ruas, durante o Carnaval, para avaliar e evitar irregularidades. “Todos os anos, alguns dos veículos reprovados insistem em ir para a rua e participar do circuito. Eu insisto e peço que os responsáveis não causem esse tipo de transtorno que afeta principalmente os foliões, que estão ali para assistir as atrações e não o farão por questões de segurança. Nossas equipes estarão atentas para impedir que isso aconteça”, contou o perito. 
Capacitação para motoristas
O curso para os motoristas desses veículos que passam por vistoria começou nesta sexta (29) e prossegue nos dias 1° e 3 de fevereiro, na sede da Escola Pública de Trânsito do Detran, no Iguatemi. A capacitação inclui palestras sobre legislação, direção defensiva e relação interpessoal. Neste ano, a novidade é uma parceria com a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) para fornecer instruções sobre os cuidados necessários com a rede elétrica e o que fazer em caso de acidentes.
Há vinte anos participando do curso, o motorista de trio elétrico Ademário Evangelista Santos afirmou que é muito bom voltar às aulas todos os anos para reciclar o que já aprendeu. “Aprendemos a lidar com o público, a ser delicado, principalmente com as crianças e com os bêbados, sem esquecer que estamos transportando vidas e estamos cercados de pessoas. Todo cuidado é pouco. É preciso [ter] olho de águia”, explicou o motorista. 
Repórter: Anna Larissa Falcão