O Carnaval da Bahia terá transmissão em rede nacional e internacional pela TV Educativa (TVE-Bahia), através da parceria com a TV Brasil/EBC. A novidade foi anunciada na reunião do Conselho Curador do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb), realizada nesta quinta-feira (17), na sala de reuniões da Secretaria da Educação do Estado. O presidente do conselho, o titular da pasta estadual, Osvaldo Barreto, destacou o caráter único e exclusivo da diversidade cultural da maior festa de rua do planeta.

“É um momento histórico para a Bahia e para a TVE, que é um importante canal de divulgação da nossa cultura e educação. A iniciativa aumentará ainda mais a audiência da nossa festa, que, hoje, já é acompanhada por mais de seis milhões de internautas em todo o mundo, atingindo 90 países”, afirmou o secretário Osvaldo Barreto.

O diretor-geral do Irdeb, José Araripe Jr., anunciou que, em consonância com o investimento do Governo do Estado no Carnaval da Bahia, a TV E marcará presença, este ano, na Barra, além dos pontos tradicionais de transmissão: Campo Grande e Pelourinho. Serão 100 horas de transmissão. “Estaremos embarcados nos trios elétricos para a cobertura do Carnaval baiano, dando visibilidade a todas as vertentes culturais, que vão desde os blocos a grandes estrelas da música baiana”, disse José Araripe, ressaltando que a festa será transmitida, também, por mais de 70 emissoras da Rede Pública de Televisão do país e chegará a mais de 50 países através da TV Brasil.

José Araripe explicou ainda que nas transmissões ao vivo dos circuitos do Carnaval 2016, a TVE vai comemorar os seus 30 anos através de uma programação mista. Assim, além de cobrir os acontecimentos em tempo real, a emissora evocará a história momesca das últimas três décadas. Este ano, o artista plástico homenageado será Bel Borba e suas obras assinarão todo o pacote gráfico da emissora.


Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado