Para os 27 idosos que vivem no Lar São Francisco de Assis, no bairro do Alto da Cruz, em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), receber uma visita surpresa pode ser motivo para sorrir. Muitos foram abandonados pela família e apenas dois deles passaram a noite de Natal com os parentes. 
Na manhã desta terça-feira (29), eles foram contemplados com 106 quilos de alimentos, fraldas geriátricas e roupas doados pela Polícia Militar (PM-BA), por representantes da sociedade civil e pelas jovens que disputaram o concurso Garota Comunidade BCS 2015 no município.  
Os idosos – todos com idades superiores a 65 anos – tiveram a chance de conversar com os envolvidos na ação e vivenciar sensações antes esquecidas. “É muito importante para esses idosos receber visitas. Nós damos todo o suporte que podemos dar, mas ter a atenção de pessoas diferentes dá a eles a sensação de estarem inseridos na sociedade. Um dos nossos objetivos é garantir a ressocialização. As doações também são de extrema importância, visto que o abrigo é uma instituição sem fins lucrativos e que funciona graças ao apoio das pessoas”, afirma o diretor-geral do Lar São Francisco de Assis, Sérgio Ribeiro. 

Emoção

Aos 16 anos, Aiandra de Castro, que disputou a semifinal do concurso Garota Comunidade BCS neste ano, se emocionou durante a visita. “Eu perdi uma avó há algum tempo e ela adorava lugares abertos como este. Conversar com uma senhora aqui me fez lembrar dela”, explica.  

A ação também comoveu a garota BCS Camaçari, Letícia Brandão, 17. Para a jovem, poder fazer por um desconhecido o que muitos fariam apenas para os mais próximos é motivo para se orgulhar. “Fazer doações, trazer o afeto e a nossa alegria para eles é uma atitude muito positiva e necessária. Os idosos precisam da gente”, afirma Letícia. 

Ações sociais

As doações marcam uma série de iniciativas da PM para promover a aproximação da polícia com a comunidade. Antes da visita ao Lar São Francisco de Assis, a Base Comunitária de Segurança (BCS) de Camaçari ofertou à população, em parcerias com diversos órgãos estaduais, o Concurso Garota Comunidade BCS, SAC Móvel, Odontomóvel, além de realizar outras doações a creches camaçarienses. 
“Nós estamos mostrando ao povo que a PM é uma aliada deles. Não precisamos fazer apenas a repressão às coisas erradas, nós também podemos ajudar a população de diversas maneiras. Através do policiamento comunitário, fazemos ações de prevenção à violência”, destaca o capitão da PM e comandante da BCS de Camaçari, Albert Nogueira.  

Repórter: Leonardo Martins