‘Cadeirinha anti-esquecimento’ e ‘Smart-Cam – Dispositivo de Segurança para Ultrapassagem’ integram a lista de 180 projetos, que expressam a criatividade de jovens estudantes de várias regiões do estado, quando se fala em ideias inovadoras. A cadeirinha foi inventada por dois alunos do Colégio Estadual de Salobrinho, em Ilhéus, no sul da Bahia. O ‘Smartcam’ veio de Valente, município situado na região nordeste do estado.

Os trabalhos produzidos pelos alunos são apresentados na 5ª Feira de Ciências da Bahia (Feciba), um dos eventos do 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual: Ciência, Arte, Esporte e Cultura, que acontece na Arena Fonte Nova, em Salvador, até esta sexta-feira (4). A iniciativa é da Secretaria de Educação do Estado. Ao todo, 360 alunos estão envolvidos na produção dos projetos expostos na Feira. A maior parte dos inventos é voltada para a prevenção de acidentes.

Cadeirinha anti-esquecimento

Visando solucionar um problema que vem ocorrendo com frequência – o esquecimento de crianças em veículos -, Fagner dos Santos e Arthur Dias criaram a cadeirinha que dispõe de um sistema de alarme. Acionado a um aplicativo de celular, o equipamento foi pensado para ajudar a diminuir este tipo de ocorrência e, consequentemente, evitar morte de crianças deixadas em carros inteiramente fechados. Quando a pessoa sai do carro e fecha a porta, esquecendo a criança na cadeirinha, o alarme é acionado em poucos minutos como sinal de alerta.

“Esse projeto é útil para todas as classes sociais. Tem medidor de pressão, temperatura e o sensor de presença vai avaliar se [ficou] uma criança ou não [no veículo]”, explica Fagner, de 16 anos. Durante nove meses, ele e Arthur se dedicaram à produção do equipamento com a ajuda e acompanhamento de professores.

O invento chamou a atenção da estudante que participa do Programa Ciência na Escola, Jussara Soares. “Este projeto é muito importante e inspirado na realidade, pois atualmente a gente percebe muitos casos de crianças que são esquecidas em carros”, disse.

Dispositivo de segurança

Entre os projetos apresentados na feira, outro destaque é o ‘Smart-Cam – Dispositivo de Segurança para Ultrapassagem’, criado pela estudante Ana Letícia Araújo, 14. O sistema consiste de uma câmera instalada no retrovisor, que possibilita ao motorista ver antecipadamente o carro que se encontra na pista oposta.

Segundo a inventora, o projeto objetiva reduzir o número de acidentes de veículos, que muitas vezes são fatais. “Nós implantamos um programa de captação. Quando o motorista for fazer uma ultrapassagem, ele olha para a tela da câmera verificando a indicação do momento certo da ultrapassagem”, detalhou a adolescente.

Todos os inventos apresentados pelos jovens na Feira tiveram o acompanhamento de professores de seus respectivos colégios. A proposta do evento é incentivar a investigação científica para buscar a solução de problemas comuns.

Evento estudantil

Iniciado na quarta-feira (2), o 4º Encontro Estudantil revela talentos e experiências criativas dos alunos, como reflexo das políticas públicas implementadas pelo Governo da Bahia, a partir do programa Educar para Transformar – um Pacto pela Educação, que contribuem para uma escola mais dinâmica, marcando um novo ciclo da educação na rede estadual.