De frente para o campo da Arena Fonte Nova, estudantes da rede estadual ficaram de olho no tabuleiro durante o Festival de Xadrez, no nível 6 do estádio, como parte da programação dos Jogos Estudantis da Rede Estadual (Jerp). A atividade integra a programação do 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual, realizado pela Secretaria da Educação do Estado até esta sexta-feira (4), em Salvador.

O jogo de xadrez se caracteriza como importante instrumento pedagógico que pode ajudar no desenvolvimento da relação ensino-aprendizagem nas escolas. Com cinco rodadas disputadas, cada jogador teve que mostrar concentração e raciocínio rápido para tentar conquistar o maior número de pontos e chegar ao pódio. Ao final, os primeiros colocados receberam medalhas do secretário da Educação do Estado, Osvaldo Barreto.

O estudante Bruno Monteiro, 14 anos, da Escola Estadual Professora Natália Vinhaes, falou como conseguiu conquistar o primeiro lugar na categoria masculina e geral. “O professor Emerson começou a realizar aulas toda sexta para que os interessados pudessem aprender. Como eu já conhecia o jogo, me inscrevi e há um ano venho praticando direto. O legal é que essa rotina me ajuda também na sala de aula, porque desenvolve maior rapidez no raciocínio,” destaca.

O professor de matemática, Emerson Ferreira, conta que as medalhas conquistadas por seu aluno é uma pequena parte do projeto. “Trazer esses meninos para o xadrez ocupa um espaço que poderia ser preenchido por más influências. E ver a dedicação dele mostra que estamos no caminho certo, até mesmo, sendo exemplo para os colegas”.

Com a conquista do 1º lugar na categoria feminina, a estudante Rosângela Marques, 15, do Colégio Estadual Vera Lux, em Nova Brasília, afirma que jogar xadrez se tornou um hábito divertido. “Comecei a aprender na escola, e hoje pratico, no mínimo, duas vezes por semana. Se não for no colégio, procuro amigos que tenham essa paixão em comum, para praticarmos sempre”.

Jerp

No 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual, 1.250 estudantes participam das etapas finais dos Jogos Estudantis da Rede Pública (Jerp), nas modalidades: basquete, futsal, handebol, vôlei, xadrez e judô. O Jerp tem como objetivo fortalecer a cultura corporal e as práticas esportivas no currículo da educação básica, tendo como princípios a diversidade, ética, integração, socialização, inclusão, participação, cooperação, regionalismo e emancipação.