Pinturas em tela, xilogravura, grafite, esculturas e colagens são alguns dos estilos e técnicas apresentadas pelos estudantes na 8ª Mostra de Artes Visuais Estudantis, que acontece no 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual, na Arena Fonte Nova, em Salvador. A mostra é resultado do projeto Artes Visuais Estudantis (AVE), realizado durante o ano letivo em 1.079 unidades escolares da capital e interior do estado. São 93 obras expostas diariamente no nível 6 do estádio.

Nas obras, os estudantes colocam em prática toda a criatividade ao expressar a diversidade cultural de onde vivem e reconstroem objetos e cenários que serviram de fontes de inspiração. Este é o caso de Gabriele Silva, 17 anos, que reside na zona rural e cursa o 3º ano do ensino médio do Colégio Estadual Professor Luiz Navarro de Brito, localizado no município de Cícero Dantas, no nordeste baiano.

“Na minha pintura – ‘Final da Tarde’ – , eu retrato uma paisagem diferente da que costumo ver na minha região por ser de clima seco e quente. Nela pode-se observar a imensidão do mar e um casal apaixonado debaixo de uma cajueiro, onde se transmite paz e equilíbrio com a natureza”, explica a estudante.

Com o título ‘Percalços’, Raí Bomfim de Jesus, 17, estudante do 3º ano do ensino médio do Colégio Estadual Modelo Luís Eduardo Magalhães, do município de Fátima (nordeste), utilizou a xilogravura, técnica de gravura feita em madeira, com resultado que dá uma ideia de profundidade para o visualizador da obra.

“A minha criação representa as dificuldades na busca pela realização de um sonho, por meio de uma figura feminina inspirada em uma cantora conterrânea que lutou para ser reconhecida como cantora. Na imagem, vemos uma mulher caminhando à noite, entre as árvores escuras da floresta, à procura de um rumo em sua vida e que representa inúmeras mulheres que lutam pelo seu espaço”, explica o jovem artista.

Projetos

O 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual prossegue até esta sexta (4), com criações estudantis desenvolvidas nas escolas da rede estadual, da capital e do interior. Além da 8ª Mostra de Artes Visuais, os visitantes podem assistir às finais do 8º Festival Anual da Canção Estudantil (Face), 7º Sarau do projeto Tempos de Arte Literária (TAL), 4ª Mostra das Aventuras Patrimoniais (EPA), 3ª Mostra de Vídeos Estudantis (Prove), 2ª Mostra de Dança Estudantil (Dance) e 2ª Mostra de Canto Coral Estudantil (Encante).

O Encontro Estudantil ainda contempla os Jogos Estudantis da Rede Pública (Jerp), a Feira de Ciência e de Matemática, Encontro e Feira de Tecnologias Sociais da Educação Profissional, Encontro de Líderes de Classe, além de experiências desenvolvidas no Centro Juvenil de Ciência e Cultura, pela Rede Anísio Teixeira e o Programa Todos pela Alfabetização (Topa).

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado