Contribuir para a segurança alimentar e nutricional da população em geral com produtos oriundos da agricultura familiar. Esse foi o objetivo do Seminário Compras Institucionais da Agricultura Familiar, realizado nesta sexta-feira (4), durante a Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Febafes), que acontece em paralelo à Fenagro, no Parque de Exposições de Salvador, até domingo (6).

O evento reuniu instituições federais e estaduais, potencialmente compradoras de gêneros alimentícios da agricultura familiar, e organizações socioprodutivas para apresentar possíveis demandas e ofertas.

Segundo o chefe de gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Edson Valadares, o governo tem o compromisso de estabelecer diálogos e parcerias entre os gestores públicos, as cooperativas e associações da agricultura familiar para comercialização dos produtos. “O PAA [Programa de Aquisição de Alimentos] e o decreto presidencial que obriga esse tipo de comercialização são importantes [para] aproximar as instituições públicas das organizações produtivas”.

Para o diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Wilson Dias, realizar o evento na Febafes cria oportunidade para os potenciais compradores conhecerem o conjunto de cooperativas e associações de produtores. Segundo ele, além do PAA e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), o propósito é ampliar esse mercado de compras com outras instituições governamentais.

Já o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Arnoldo de Campos, afirmou que o objetivo é “seguir avançando nas compras públicas da agricultura familiar”.

Fonte: Ascom/Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR)