"Bahia, todo mundo ama". Esse é o slogan da campanha promocional do Verão da Bahia, promovida pelo Governo do Estado, apresentada, nesta quinta-feira (19), a representantes de associações e federações do ramo turístico. As secretarias estaduais de Turismo (Setur) e de Comunicação (Secom) capitanearam a reunião, que avaliou as principais estratégias para promover a movimentação de turistas em solo baiano, da capital ao interior. Segundo a Setur, a Bahia deve receber 4,9 milhões de turistas no Verão 2015-2016. A estimativa é 5% maior que o fluxo registrado na temporada anterior.

Com grande potencial e diversidade de roteiros, o estado baiano é o terceiro destino turístico mais procurado no Brasil e o principal do Norte-Nordeste. De acordo com o secretário de Turismo, Nelson Pelegrino, a intenção é incentivar a vinda de turistas de outros estados, de fora do país e também a circulação interna durante a alta estação. "A Bahia é uma paixão de todos. Quando se fala de Bahia, as pessoas falam com carinho, com amor".

Além dos secretários estaduais, participaram da reunião representantes do Conselho Baiano de Turismo, Associação Brasileira de Agências de Viagem, Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo, Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação e da Associação Baiana de Empresas de Receptivo.

Driblando a crise

Nem mesmo o período de crise econômica deve ser um obstáculo para o crescimento do turismo na Bahia. Seja para os visitantes internacionais, que devem aproveitar a desvalorização da moeda brasileira para vir para o país, ou para quem mora no Brasil, que deve evitar destinos estrangeiros durante as férias. "No cenário em que você tem uma valorização do dólar e do euro muito grande perante o real, o que inibe as viagens de brasileiros para o exterior, nós temos que captar esse público. Temos que trazer esses turistas para a Bahia", apontou Nelson Pelegrino.