Chefs renomados de todo o país, pratos requintados que aguçam o paladar, e uma natureza exuberante. Estes são os ingredientes dos festivais gastronômicos que movimentam a Praia do Forte – charmosa vila de pescadores localizada na zona turística Costa dos Coqueiros -, e Itacaré, na Costa do Cacau, dois dos mais procurados destinos do estado.

Oferecendo ao visitante uma programação que mistura comida, diversão e arte, os festivais, que contam com o apoio da Secretaria de Turismo da Bahia (Setur), serão realizados entre os dias 3 e 13 de dezembro. Ótima pedida para quem deseja aliar boa gastronomia ao turismo.

“A gastronomia é um importante elemento do turismo na Bahia. Aliar as belezas naturais do estado à culinária típica é uma excelente maneira de atrair visitantes aos nossos principais destinos e movimentar a cadeia produtiva”, destacou o secretário estadual de Turismo, Nelson Pelegrino.

A 53 quilômetros de Salvador, Praia do Forte acolhe a 10ª edição do Tempero no Forte – Festival de Cultura e Gastronomia de Praia do Forte e Litoral Norte, que, este ano, tem a pimenta como tema, ingrediente que vai constar, obrigatoriamente, nas receitas. O evento conta com a participação de 30 restaurantes de localidades como Arembepe, Barra do Jacuípe, Açuzinho, Itacimirim, Diogo, Porto do Sauípe e Praia do Forte (base do evento). De acordo com a organização, devem circular por ali 25 mil pessoas durante os 11 dias do festival.

Chefs locais e de outros estados vão preparar pratos, tanto nas cozinhas dos restaurantes e pousadas, quanto na Cozinha Show, estrutura montada na Praça da Música, onde os chefs convidados, entre esta quinta-feira (3) e sábado (12), vão ministrar aulas práticas, seguidas de degustação. A parceria com a revista Prazeres da Mesa levará o Mesa ao Vivo à Praia do Forte para uma edição especial com a cobertura do evento. Jantares e almoços especiais serão apresentados em alguns estabelecimentos.
Aberto com um show artístico de baianas, o festival ainda terá lançamento de livros, espaço para artesanato da região, exposições de artistas e fotógrafos com o tema do festival, além de apresentações de capoeira e shows musicais, e cursos preparatórios para funcionários e empresários de restaurantes e pousadas.

Itacaré

Com a expectativa de atrair dez mil pessoas, o II Festival Gastronômico Sabores de Itacaré destaca a gastronomia regional através da culinária sustentável. O evento, que deve movimentar o turismo na região da Costa do Cacau, é um convite irresistível para quem, além da boa gastronomia, deseja apreciar as belezas naturais da cidade. Segundo a Secretaria Municipal de Turismo de Itacaré, a ocupação hoteleira para o período é de 80%.

Tendo como o tema Cacau, a maior estrela do festival, o evento reúne chefs renomados e 36 estabelecimentos, nos quais o público poderá degustar deliciosos pratos a preços promocionais. As receitas inscritas destacam os ingredientes tradicionais da região cacaueira e que são cultivados através da agricultura familiar.

Os pratos estão divididos em quatro categorias: prato principal, petisco, lanche e sobremesa. A programação conta com aula-show, e apresentações de iguarias ensinadas pelos chefs, feira da agricultura familiar e artesanato; shows de Jorge Vercillo e Jota Veloso, apresentações culturais, e press trip por alguns pontos turísticos da cidade.

Zonas turísticas

A Costa dos Coqueiros e a do Cacau são alvos de ações da Secretaria de Turismo do Estado (Setur). Este ano, as duas zonas acolheram reuniões do Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável (PDITS), com o objetivo de planejar o turismo de maneira sustentável a curto, médio e longo prazo. O PDITS favorece a combinação desses atrativos em produtos turísticos diversificados e cenário caracterizado por diversidade ambiental que inclui praias, rios, canais e matas.