Em reunião com aproximadamente 100 representantes de associações e cooperativas do transporte complementar que atuam em Salvador, nos bairros de Plataforma, Paripe, Periperi, Rio Sena (Subúrbio Ferroviário), Fazenda Grande, Largo do Tanque, Ribeira e Itapuã, o Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), assinou um, acordo para que os condutores do segmento sejam capacitados pelo órgão, com o objetivo de melhorar a qualidade do serviço oferecido a oito mil passageiros, que usam o transporte diariamente.

O Detran, que é responsável pela fiscalização da atividade e tem intensificado o combate ao transporte clandestino, também vai oferecer o curso para o avanço da habilitação B destinada à categoria D. No total, 150 motoristas serão beneficiados."Estamos nos sentindo respeitados pelo Detran. A atual gestão resgatou a autoestima dos trabalhadores do transporte complementar e a população sairá ganhando”, afirmou o presidente da Associação de Kombeiros de Paripe (Askopa), Neilton Rosário.

O diretor-geral do Detran, Maurício Bacelar, disse que a iniciativa integra um conjunto de ações educativas para reforçar a segurança no trânsito, em andamento no estado. "Já oferecemos o curso de capacitação aos agentes da Transalvador e de órgãos de trânsito de municípios do interior´e também a taxistas, mototaxistas e motoristas que buscam uma reciclagem. Temos ainda a primeira habilitação gratuita”. Segundo ele, o acordo assinado na quinta-feira (19) “abre oportunidades no mercado de trabalho e é mais uma etapa do nosso esforço para qualificar as categorias que atuam no trânsito em toda a Bahia".

Fonte: Ascom/Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA)