A presença cada vez maior de ciclistas no trânsito, como uma das opções para enfrentar o problema da mobilidade urbana nos grandes centros e reduzir a poluição, levou o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) a criar o Grupo de Trabalho de Ciclismo da Bahia (GTCB). A iniciativa tem o objetivo de elaborar políticas públicas para o segmento, com a participação de órgãos de trânsito e de segurança e entidades ligadas ao ciclismo em todo o estado.

A direção do Detran se reuniu, na quinta-feira (5), com representantes da Associação dos Bicicleteiros do Estado da Bahia (Asbeb) e dos grupos Probike, Ciclismo de Narandiba e Pedala Feira de Santana. Durante o ato foram discutidas propostas para ações educativas e operacionais, entre elas, a realização de passeios ciclísticos no verão, a inclusão de cinco questões relacionadas à bicicleta nos exames do Detran e a fiscalização de ciclovias.

“Essa parceria com o Detran é o caminho da esperança para que possamos circular no trânsito com segurança. Assim, as pessoas serão motivadas a trocar o carro pala bike”, disse o diretor da Asbeb, José Adolfo Ferreira Filho. Segundo do diretor-geral do Detran, Maurício Bacelar, o GTCB pretende mudar a cultura no trânsito envolvendo os ciclistas. “Queremos que as bicicletas convivam de forma harmônica com carros, motos e pedestres, na busca de um trânsito seguro. Isso só será possível com o envolvimento de toda a sociedade, uma das propostas do grupo de trabalho”.

Fonte: Ascom/ Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA)