Policiais militares terão assistência a transtorno de estresse pós-traumático resultantes de ocorrências de risco. O novo projeto é resultado de uma parceria firmada entre a Polícia Militar e a Fundação Terra Mirim, na segunda-feira (9), em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). A iniciativa tem o objetivo de disponibilizar espaço para atendimento e acompanhamento de policiais militares que foram submetidos a situações de estresse ou de forma preventiva, por meio de suportes e ações terapêuticas.
O evento, que ocorreu na sede da organização sem fins lucrativos, em Simões Filho, teve as presenças do comandante-geral da PMBA, coronel Anselmo Brandão, do coronel Nascimento e do major Honorato, diretor do Departamento de Promoção Social (DPS) e diretor adjunto respectivamente, além de comandantes das unidades operacionais de Salvador e RMS.
O coordenador do projeto e psicólogo, major Honorato, destacou a importância do projeto. "Com mais esse trabalho, a Polícia Militar avança no bem-estar dos seus colaboradores e dá seguimento a um processo de autoconhecimento, autocuidado e atenção com os policiais militares”. 
No lançamento do projeto, o comandante-geral convidou os oficiais a abraçarem a iniciativa. “Esse atendimento irá proporcionar mais bem-estar à nossa tropa, oferecendo melhores condições para o policial militar lidar com situações de crise e de estresse, implicando assim na melhoria na prestação de serviço à população”, afirmou o coronel Anselmo.

Fonte: Ascom/Polícia Militar da Bahia