A Polícia Militar da Bahia (PMBA), por meio do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e das Companhias Independentes de Policiamento Rodoviário – 1ª CIPRv/Itabuna, 2ª CIPRv/Brumado e 3ª CIPRv/Barreiras -, concluiu nesta terça-feira (3), nas rodovias estaduais da Bahia, a Operação Finados, durante a qual foram abordados 5.632 pessoas e 3.415 veículos, que resultaram em 508 autuações por diversas infrações ao Código de Trânsito Brasileiro, desde a falta de documentação até a ausência dos equipamentos obrigatórios no veículo.

Dos veículos abordados, 24 foram retidos e 393 autos de infração extraídos, com o recolhimento de 14 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) e 27 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). Para manter as estradas seguras, foram realizadas diversas medidas pelas unidades especializadas em policiamento rodoviário, como um controle rígido de velocidade, a fiscalização de ultrapassagens em locais proibidos, além de outros enfoques abrangidos durante a abordagem de veículos e de condutores.

Em quatro dias de operação, as equipes registraram 32 acidentes, que resultaram em 36 feridos e quatro mortes em todo o estado. Das vítimas, 26 tiveram ferimentos leves, 10, ferimentos graves, e quatro fatais, sendo uma registrada na sexta (30), às 20h40, após colisão frontal na BA-131, Km 04, trecho entre o Distrito de Porto Felix e o município de Piritiba, no centro norte do estado.

A segunda vítima foi em decorrência de uma colisão traseira, no sábado (31), às 6h30, na BA-262, Km 23, trecho entre os municípios de Ilhéus e Uruçuca, no sul. A terceira, no mesmo dia, às 18h55, na BA-522, após colisão frontal no Km 26, no município de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). A quarta morte ocorreu durante um capotamento, na segunda (2), às 16h50, na BA-142, Km 35, trecho entre os municípios de Ituaçu e Tanhaçu, na região centro sul.

Fonte: Ascom/Polícia Militar da Bahia