Conhecer para preservar é o tema da exposição fotográfica que está disponível aos visitantes do Parque Zoobotânico Getúlio Vargas, o Zoológico de Salvador. Com 30 imagens de tamanhos variados, que retratam a importância da fauna e flora da Unidade de Conservação do Parque Municipal da Restinga do Forte, em Mata de São João, a realização fica disponível no Zoo até o dia 12 de janeiro de 2016.

A exposição elaborada pelo fotógrafo e biólogo, Fábio Lima, tem o intuito de aproximar as belezas naturais do conhecimento popular. “A exposição tem como objetivo justamente informar ao visitante a importância da preservação, por isso o nome ‘Conhecer para preservar’. A ideia é que esse material seja fundamental na educação ambiental das pessoas e que as mesmas tenham noção da importância dos cuidados com o meio ambiente”, disse Lima.

Entre as variedades de imagens, as fotos expõem principalmente animais que estão ameaçados de extinção e plantas que vêm se tornando cada vez mais raras em ambientes urbanos. O Zoológico é o terceiro lugar no estado que recebe as fotografias, que estão no museu do Zoo desde a última sexta-feira (27). Antes do Parque, o Ministério Público da Bahia e o Albergue da Praia do Forte também foram contemplados.

Para o coordenador do Jardim Zoológico, Gerson Norberto, idealizações como esta são fundamentais na sensibilização humana para a conservação e preservação. “O Zoológico de Salvador tem como missão justamente ajudar a cuidar do meio ambiente. As pessoas precisam saber da importância da preservação, e é com esse objetivo que realizamos trabalhos de Educação Ambiental com nossos visitantes, que chegam a ultrapassar os 45 mil em um mês”, enfatizou o coordenador.

O Zoológico de Salvador fica no bairro de Ondina e é aberto ao público de terça a domingo (inclusive feriados), das 8h30 às 17h, com entrada gratuita. Para agendamento de visitas monitoradas e informações: (71) 3116-7952/53 ou 54.