O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura (Seagri), determinou a apuração das circunstâncias que provocaram a morte de um cavalo por choque elétrico no Parque de Exposições, em Salvador. O animal estava em uma baia móvel, montada por uma empresa contratada pela organização da Fenagro 2015, quando recebeu a descarga de energia na madrugada desta segunda-feira (30).

“Imediatamente após tomar conhecimento da morte do animal, entrei em contato com a organização da Fenagro e determinei a apuração rigorosa do fato, com o objetivo de identificar os responsáveis pela falha no sistema elétrico. Nossa prioridade é garantir a segurança das pessoas e dos animais que participam do evento no Parque de Exposições e vamos continuar acompanhando esse caso de perto”, afirmou o titular da Seagri, Vitor Bonfim.

O problema elétrico foi solucionado e a organização da Fenagro garantiu tomar as medidas cabíveis para responsabilizar a empresa que montou as baias móveis na tradicional feira da agropecuária baiana, realizada há 28 anos no Centro de Exposições de Salvador.

Uma das grandes vitrines do agronegócio do estado, a Fenagro segue até o próximo domingo (6 de dezembro) e tem a estimativa de movimentar cerca de R$ 100 milhões em negócios este ano.