Duas medalhas de bronze foram conquistadas pela natação da Bahia neste sábado (14), segundo e penúltimo dia dos Jogos Escolares da Juventude – Individuais 15 a 17 anos – que tem Londrina, no Paraná, como cidade sede na edição de 2015. Cauã Vinícius Santos Oliveira conquistou o terceiro lugar na prova dos 100 metros livres, enquanto Windson Carlos Pionório Teixeira Filho assegurou a medalha de bronze na prova dos 1500 metros livres.
Com o resultado, os atletas de natação da Bahia já asseguraram quatro medalhas para a Bahia: uma de ouro e três de bronze. Cauã e Windson já tinham subido ao pódio na sexta-feira (13), primeiro dia da competição. Cauã ocupou o lugar mais alto e, com a marca de 23s41, é o novo recordista dos Jogos Escolares da Juventude na prova dos 50 m livres.
Atletismo 
No segundo dia de prova, o atletismo da Bahia também mostrou sua força, com Lucas Natan Santos Silva, 17 anos, conseguindo a quarta posição na prova Octatlo – que reúne as provas de 100 m rasos; 110 m sobre barreira; 400 m rasos; 1000 m rasos; lançamento de dardo; salto em altura; salto em distância e arremesso de peso. Aluno do 1º ano do Colégio Estadual Walter Brandão, em Jaguarari, essa foi a primeira vez que Natan disputou esse tipo de prova nos Jogos Escolares da Juventude.
“Numa competição como a dos Jogos Escolares, que reúne atletas de todo o país com bom nível técnico, estrear numa prova tão puxada quanto a Octatlo considero uma ousadia. Por isso, esse resultado é espetacular. Há muitos anos, a Bahia não tinha representante nesta prova nos Jogos Escolares da Juventude. As pessoas geralmente gostam muito de ver medalhas, mas o resultado dele merece muitos aplausos”, destacou Antônio Ferreira Bonfim Filho, conhecido como Ferreirinha, técnico e diretor do Instituto Internacional do Esporte, Atenção e Formação. Nesse projeto, desenvolvido no município de Jaguarari há mais de 10 anos, Ferreirinha atende mais de 130 meninos e meninas na prática do atletismo.
Xadrez 
O xadrez baiano, representado nestes Jogos da Juventude por Luís Eduardo Oliveira de Sousa, estudante do Colégio Estadual Rui Barbosa, de Mutuípe, e Nicolle Pereira Melo, do Colégio Militar de Salvador, também seguem na disputa. Neste domingo (15), eles voltam a jogar pela definição dos finalistas e vencedores.
Das nove modalidades esportivas que estão em disputa nos Jogos Escolares da Juventude, o vôlei de praia, luta olímpica e ginástica rítmica não terão mais atletas baianos nas provas que acontecem neste domingo, último dia da competição. As demais – natação, judô, xadrez, atletismo, tênis de mesa, ciclismo seguem com presença dos jovens atletas da Bahia. Nesta edição do JEJ, as provas do atletismo estão sendo disputadas em Maringá, a 96 quilômetros de Londrina.

Fonte: Ascom/Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb)