Com o tempo de 23s41, o baiano Cauã Vinícius Santos Oliveira é o novo recordista da prova de 50 metros livres dos Jogos Escolares da Juventude – Individuais 15 a 17 anos. A conquista da medalha de ouro foi assegurada na tarde de quinta-feira (12), em Londrina, cidade sede dos jogos, no Paraná. O recorde anterior pertencia ao Distrito Federal, com a marca de 25s71 conquistada em 2009.
Feliz com a vitória, Cauã, 17 anos e aluno do Colégio Integral de Salvador, disse que treinou muito para obter este bom desempenho. “Treino de segunda a sábado, três horas por dia, sendo que às segundas, quartas e sextas os treinos acontecem pela manhã e à tarde. Valeu a pena o esforço!”, comemorou. 
Na tarde de sexta (13), Cauã voltou ao pódio com outros nadadores baianos para receber a medalha de bronze conquistada na prova de revezamento 4X50m livre. Além dele, foram bronze nesta prova os atletas Enzo Esteves (que tem apoio da lei de incentivo estadual FazAtleta), Samuel Huhtala e Windson Carlos Pinório. Ainda na natação, a Bahia disputou final nos 50 metros livres masculino; no 200 Medley e também no revezamento 4X50 livre feminino.      
Judô 
No primeiro dia de competição, a Bahia recebeu medalha no judô. Willian Santos de Jesus conquistou medalha de prata na categoria pesado, numa disputa enfrentada com o judoca paulista Lucas Lima. Subiram ainda ao pódio para receber a medalha de bronze os judocas Daniel Alves (ES) e Arthur Barboza (RJ).
A competição continua neste sábado (14), com disputas em todas as nove modalidades individuais desta edição: ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação, vôlei de praia, tênis de mesa, xadrez e atletismo, este último com provas sendo realizadas em Maringá, a 100 quilômetros da cidade sede dos jogos.
Números
Durante os dez dias de competição (12 a 21 de novembro), os Jogos Escolares da Juventude acumulam números que chamam a atenção: são 3.723 atletas de 25 estados brasileiros mais o Distrito Federal (Roraima é o único ausente); 320 voluntários; 27 mil diárias, 57 mil refeições, além de 25 hotéis ocupados pelas delegações.
Para participar da etapa dos jogos individuais no Paraná, os 65 atletas e os 12 técnicos da Bahia que acompanham as modalidades em disputa recebem o apoio do Governo do Estado, que, por meio da Superintendência dos Desportos (Sudesb), disponibilizou passagens aéreas e uniformes para todos os integrantes da delegação baiana, chefiada pelo professor Álvaro Gonçalves de Oliveira, assessor técnico da Sudesb. 
Organizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo, os Jogos Escolares da Juventude terão ainda a etapa dos jogos coletivos – basquete, futsal, handebol e voleibol, realizados de 17 a 21 de novembro. A Sudesb é vinculada à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

Fonte: Ascom/Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb)