Alunos atletas da Bahia começaram a embarcar nesta quarta-feira (11) para Londrina (PR), onde vão disputar os Jogos Escolares da Juventude – etapa 15 a 17 anos. A delegação é composta de 167 integrantes, sendo 141 estudantes da capital e do interior, 19 técnicos e sete dirigentes da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), que realizou as seletivas e disponibilizou as passagens aéreas para todos.

Na primeira fase das modalidades individuais seguiram para o Paraná 88 pessoas, entre alunos-atletas, técnicos e dirigentes. Os demais viajam no próximo dia 16 para as disputas de modalidades coletivas. As competições têm início nesta quinta-feira (12), no Ginásio de Esportes Moringão, onde acontece a cerimônia de abertura.

Messias Marques tem 16 anos e vai participar pela primeira vez dos jogos. Estudante do Colégio Estadual Dona Jenny Gomes, em Salvador, o atleta de luta olímpica espera ter um bom desempenho em Londrina. “A expectativa não poderia ser diferente – representar bem meu estado e trazer medalha”. Outro atleta baiano de luta olímpica é o jovem Bruno Santos, 15. Representando o Instituto Municipal Professor José Arapiraca, na capital, diz está preparado. “Trabalhei muito o condicionamento físico e treinei bastante as posições de lutas”.

A competição terá a disputa de medalhas em 13 modalidades, entre individuais e coletivas, e terá a participação de estudantes de 25 estados e do Distrito Federal, além de uma delegação da cidade de Londrina. Este é o segundo ano consecutivo em que a cidade paranaense recebe a maior competição estudantil do País. Antes do embarque o clima era de contagem regressiva e de muita expectativa. O judoca Felipe dos Santos, 16, acredita na força da superação para trazer medalhas. “O nível da competição é muito alto, mas eu espero superar as dificuldades e conseguir os objetivos”.

Competição

Após o torneio classificatório realizado na Bahia, com a participação de alunos de escolas públicas e particulares, o estado leva para os jogos individuais e em dupla os vencedores das seletivas de natação, atletismo (revezamento, salto em altura, lançamento de disco, salto em distância, lançamento de dardo e arremesso de peso), vôlei de praia, tênis de mesa, ginástica rítmica, judô, ciclismo e xadrez. Para os coletivos irão as equipes – masculinas e femininas –, de basquete, handebol e futsal, além do time masculino de vôlei.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo. Esta edição dos Jogos reunirá mais de 3,7 mil estudantes, além de treinadores, oficiais, médicos, árbitros, voluntários, organizadores, entre outros, chegando a quase seis mil participantes.

Fonte: Ascom/ Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb)