O público visitante do 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual, que acontece nos dias 2, 3 e 4 de dezembro, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pode conhecer o Memorial do Topa e atividades desenvolvidas pelo Programa Todos pela Alfabetização, além de participar de oficinas.

No Memorial do Topa, será apresentado o acervo cultural das oito etapas do programa, resgatando as lembranças dos protagonistas desta história, construída por pessoas como Genivaldo Araújo Romão, que mudou de vida com a alfabetização. “O bem pouquinho que [eu] sabia, não lembrava nada, nem mesmo fazer meu nome. Entrei no Topa para ter uma nova vida. Hoje sei ler e escrever. Já fiz até concurso para vigilante e passei”.

Criação literária

O Encontro Estudantil reúne na edição 2015 oficinas de técnicas de expressão corporal, concentração, dinâmicas de jogos teatrais e interpretação de textos. Também estão previstas oficinas abordando os elementos da criação literária e técnicas de escrita e de leitura, enfocando as literaturas africanas e afro-brasileiras.

A programação prevê ainda premiação do Concurso Cultural Roda de Prosa, que objetiva incentivar os alfabetizandos da 8ª etapa do Topa a produzir textos literários em vários gêneros (prosa, poesia, conto e cordel), a partir das vivências adquiridas no processo de alfabetização.

O programa

Desde 2007, quando o Topa foi iniciado, mais de um milhão de baianos aprenderam a ler e a escrever. O programa, que beneficia pessoas historicamente excluídas do processo educacional, tem este ano, em toda a Bahia, 98 mil alunos.