Mais de sete mil candidatos a dirigentes escolares da rede estadual realizam no próximo domingo (15), às 14h, no município por eles escolhidos, a prova de certificação que habilita professores e coordenadores pedagógicos à gestão escolar. Essa é a primeira etapa no processo de eleição de dirigentes escolares, que acontece no dia 10 de dezembro em todas as 1.369 escolas da rede estadual.

A prova de certificação é uma exigência legal, estabelecida pelo Estatuto do Magistério do Estado da Bahia, como forma de avaliar os conhecimentos do candidato sobre a função que está pleiteando. Os locais estão disponíveis no site do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), responsável pela aplicação.

Além de avaliar, a certificação qualifica o candidato para a função de gestor escolar. “Esse processo nos possibilita ver o perfil do nosso candidato a gestor, de como está sua base teórica para a prática após a eleição”, explica o superintendente de Gestão da Informação Educacional da Secretaria da Educação do Estado, José Sérgio Carvalho.

Inscritos

O número de inscritos no processo de certificação teve um aumento de 40%, superando a eleição anterior para dirigente escolar. “Fizemos uma previsão de sete mil participantes, mas são, no total, 7.700 inscritos, mostrando que temos um contingente da rede estadual bastante interessado e disposto a enfrentar esse desafio importante, que é gerir uma unidade escolar”, diz Carvalho.

A professora Lucília Coimbra, de Língua Portuguesa, do Colégio Estadual Henrique Leite, em Salvador, fez questão de participar da certificação. “É uma prova que testa os conhecimentos em relação aos diversos assuntos que um profissional da educação deve saber para reger uma unidade escolar. Se eu for classificada, estarei habilitada para assumir um cargo de extrema importância para a educação pública do estado”.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado