As eleições para dirigentes escolares, no dia 10 de dezembro, devem envolver mais de 2 milhões de pessoas, entre estudantes, professores, gestores e as famílias. Para um maior alinhamento sobre o processo eleitoral, desencadeado pela Secretaria da Educação do Estado, gestores dos 27 Núcleos Regionais de Educação (NRE) participaram, nesta sexta-feira (6), de um encontro com o secretário da Educação, Osvaldo Barreto, na sede da Secretaria, no Centro Administrativo (CAB), em Salvador. 
“Estamos mobilizando a comunidade escolar para que o dia 10 de dezembro seja uma verdadeira festa da democracia e de conscientização em defesa da escola e do processo ensino-aprendizagem”, afirmou Osvaldo Barreto. O secretário ressaltou a importância da valorização dos líderes de classe nesse processo eleitoral, tanto para mobilizar os familiares, como para discutir com os colegas o plano de gestão proposto pelos professores candidatos ao cargo de direção da escola. 
Professores, coordenadores pedagógicos, servidores públicos em exercício na unidade escolar, estudantes a partir de 12 anos de idade com frequência regular e pais ou responsáveis podem participar da eleição. “O Decreto Nº 16.385, de 26 de outubro de 2015, fortalece o processo da democracia participativa nas escolas da rede estadual”, reforçou o secretário da Educação, completando que “as pesquisas indicam que a boa gestão e a participação das famílias são elementos fundamentais para a melhoria da educação”. 
Para a diretora do Núcleo Regional Estadual  de Itapetinga (NRE 8), Maria Genira Ramos, “este processo democrático é um sonho de muitos anos realizado. Tenho 33 anos como professora e, agora, a democracia realmente chegou às escolas da rede pública estadual. Olhe que coisa maravilhosa: os alunos escolhendo o seu gestor! O fazer pedagógico, certamente, será trabalhado com mais consciência e responsabilidade”. 

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado da Bahia