Mais de 600 alunos do Colégio Estadual Antônio Sérgio Carneiro, localizado no bairro Arenoso, em Salvador, participam nesta quinta-feira (5), às 13h30, do 1º Seminário Quilombola ‘Sim, por que não?’, como parte das comemorações do Novembro Negro. A ação busca conhecer e valorizar a história do bairro, por meio do resgate da memória histórico-cultural, considerando valores, práticas e expressões culturais. O evento será aberto à comunidade.

“O seminário é resultado de todo o trabalho realizado na escola, que tem o propósito de incentivar o estudante a conhecer as suas origens. Quando descobrimos que o Arenoso era um local remanescente quilombola, decidimos realizar atividades que resgatassem essa história”, explica a vice-diretora e organizadora, Maria José Neres.

Ela ainda destaca que as ações são realizadas em conjunto com os estudantes, que participam das pesquisas realizadas no bairro. “Quem participar do seminário vai poder conferir os resultados preliminares de uma pesquisa realizada pelo colégio, em parceria com a Universidade do Estado da Bahia (Uneb), por meio de um questionário para conhecer a vida social, cultural e de saúde dos moradores. Também teremos pessoas para falarem sobre a história e crescimento populacional do local”. A programação do evento está disponível no Portal da Educação.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado