Resultado do projeto Educação Patrimonial e Artística (EPA), os álbuns são compostos por imagens e textos. Os trabalhos foram produzidos nas escolas da capital e interior baiano e passaram por seletivas escolares e regionais. O 4° Encontro Estudantil da Rede Estadual ocorre, entre os dias 2 e 4 de dezembro, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Vinte e nove álbuns vão ser apresentados na 4ª Mostra das Aventuras Patrimoniais, durante o 4° Encontro Estudantil da Rede Estadual, entre os dias 2 e 4 de dezembro, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Resultado do projeto Educação Patrimonial e Artística (EPA), os álbuns são compostos por imagens e textos que desvendam o patrimônio natural, histórico, artístico e cultural dos municípios baianos. Os trabalhos foram produzidos, em 2015, nas escolas da capital e interior do estado e passaram por seletivas escolares e regionais.

As imagens e textos que compõem os Álbuns Patrimoniais foram selecionados em 813 escolas dos 27 Núcleos Regionais de Educação (NREs). O EPA tem como objetivo promover o debate e incrementar as práticas culturais e patrimoniais da juventude, nos campos da história, da memória e da arte, visando à identificação e reconhecimento do patrimônio baiano, à preservação da memória cultural, à apropriação da história e da cultura e à democratização dos espaços e saberes históricos nas percepções estudantis.

“Este projeto constitui um elemento de esperança. Passamos muito tempo com único conceito de patrimônio que é a nossa alma, é o que está dentro, é o que faz o material. É emocionante ver essas crianças tratando o sisal, por exemplo, como um patrimônio”, destacou o antropólogo Washington Queiroz, que esteve presente na edição da Mostra do EPA no ano passado.

A estudante Nicole Bastos Carvalho foi finalista do EPA 2014 com o álbum ‘Pontos turísticos e recursos da vida’. “Nós registramos a cultura de Gentio do Ouro e o garimpo, que é a maior fonte de renda. Achamos importante retratar isso porque, quando não se encontra uma mina na cidade, o comércio fica fraco. É algo que mexe com toda a cidade”.

Mais de 20 mil alunos são esperados para participar do 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual. Vindos de todas as regiões da Bahia, os alunos irão expor produções científicas, artísticas, esportivas e culturais desenvolvidas durante o ano letivo nas escolas. A abertura oficial acontece no dia próximo dia 2, às 8h30.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado da Bahia