Palestra Magna, debates dos quatro eixos temáticos e o lançamento de uma revista sobre a autonomia e o empoderamento das mulheres marcaram, nesta quinta-feira (12), o segundo dia 4ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres. Como parte ainda da programação, o grupo ‘Gente do Sertão’, de Pintadas, município pertencente ao Território da Bacia do Jacuípe, apresentou a peça ‘Maria vai com as outras’.

Doutora em Ciências Políticas e com Pós-Doutorado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), na Yale University, nos Estados Unidos, e pesquisadora do Centro de Opinião Pública da Universidade de Campinas, a palestrante Lúcia Mercês Avelar apresentou um panorama de conquistas das mulheres.

Participaram da mesa de debates, na parte da manhã, a titular da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado (SPM), Olívia Santana; a coordenadora executiva da Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, Rosali Scalabrin, a pesquisadora Lúcia Avelar; e a representante da Comissão Organizadora da conferência, Lúcia Guedes.

Revista

No período da tarde foi lançada a revista ‘Bahia Análise e Dados’, da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), com edição sobre ‘Mulheres e Trabalho: Autonomia e Empoderamento’, realizada em parceria pelas secretarias de Políticas para as Mulheres do Estado e do Planejamento (Seplan). O vice-governador e titular da Seplan, João Leão, esteve presente no lançamento.

O tema da 4ª conferência é ‘Mais direitos, participação e poder para as mulheres’. Realizado pela SPM e Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Mulher (CDDM), o encontro segue até esta sexta-feira (13), quando ocorre a Plenária Final e a posse das novas conselheiras do CDDM. O local do evento é o Gran Hotel Stella Maris, em Salvador.

Fonte: Ascom/Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado (SPM)