A riqueza dos museus baianos pode ser conhecida também através do projeto ‘Visita Guiada Virtual dos Museus do Ipac’, já disponível no link Visita Guiada Virtual. A iniciativa é do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura (Secult) e do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac). Além do vídeo, aproximadamente 200 DVD serão distribuídos pelo instituto para instituições educacionais e culturais.

O vídeo com duração de 15 minutos guia o espectador por dez museus vinculados ao Ipac. Em Salvador estão o Museu de Arte Moderna (MAM), Palacete das Artes, Solar Ferrão, Palácio da Aclamação, Museu de Arte da Bahia (MAB), Tempostal e Udo. No interior são os museus Wanderley Pinho (Candeias), Recolhimento (Santo Amaro) e Parque Histórico Castro Alves (Cabaceiras do Paraguaçu).

“Produtos que possibilitam a difusão internacional dos acervos de museus baianos via Web são fundamentais para facilitar o acesso da população baiana e de outros potenciais visitantes, como estudantes, pesquisadores e turistas”, diz o diretor-geral do Ipac, João Carlos de Oliveira. Segundo ele, a produção do vídeo foi possível com recursos do Fundo de Cultura da Bahia. “O projeto venceu o Edital Setorial de Museus do Ipac nº15/2013, com orçamento de cerca de R$ 100 mil”, explica o dirigente.

Personagem

No roteiro, uma personagem conhece sua história por meio da memória dos museus. Ela percorre o Solar Ferrão, que abriga coleções de artes africana, sacra e popular, além de instrumentos do pesquisador musical suíço-brasileiro Walter Smetak (1913-1984). No Tempostal, ela mostra os 45 mil postais bordados, aquarelados, adornados com pedrarias, plumas e até cabelo humano. Mobiliários, indumentárias, desenhos e pinturas do MAB, do Museu Wanderley Pinho, do Palacete das Artes e do MAM, que tem cerca de 1,2 mil obras de arte moderna e contemporânea, também aparecem.

“O vídeo envolve diferentes museus em um só projeto”, ressalta a coordenadora de Editais do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural, Ana Coelho. De acordo com ela, o trabalho serve ainda como ferramenta para ações educativas de forma lúdica e bem-humorada. A direção e a produção do vídeo são do baiano Vladimir Vasconcelos. “Escolhi um projeto para os museus para atrair mais o público, principalmente o infanto-juvenil”. Além dos ricos acervos, a edição mostra belas edificações dos museus, as salas expositivas e a variedade de coleções artísticas.

Ficha técnica do vídeo

Atriz Priscila Campos
RoteiroDaniel Dourado
Fotografia Pedro Smanovischi
CâmeraPedro Ribeiro
SomNapoleão Cunha
FigurinoSika Caió
ProduçãoRafaela Uchoa
EletricistaJuscelino Pinto
PesquisaTarso Ferreira
Trilha– Luizinho Assis
Mix Napoleão Cunha
Tradução inglêsSabrina Gledhill
Tradução em LibrasNeemias Santana
Motorista da equipeAntônio Presídio

Fonte: Ascom/Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac)