O secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, e a diretora de Agregação de Valor e Acesso à Mercado, da Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf), Elisabete Costa, realizaram, na quarta-feira (17), visitas técnicas que marcaram a entrega de agroindústrias a três comunidades rurais do Território Velho Chico. Foram visitadas as unidades de produtos derivados da mandioca de Lagoa da Torta, em Igaporã, do Bumba, em Matina, e do Pau Branco, em Riacho de Santana. 
As unidades beneficiam dezenas de famílias de agricultores familiares dessas comunidades. De acordo com o produtor da Associação dos Pequenos Produtores Rurais Atingidos pela implantação da Barragem Lagoa da Torta, Jonathan Russel Rocha, atualmente, a unidade tem capacidade de produzir, por dia, até 600 quilos de bolos, pães e biscoitos. Antes, os produtores não conseguiam comercializar os produtos, mas agora já conseguem vendê-los em feiras e para o mercado institucional, por meio de programas como o Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e de Aquisição de Alimentos (PAA).
Segundo Rocha, com a união dos produtores e o apoio do Governo do Estado, por meio de um convênio feito pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que garantiu a aquisição de equipamentos e veículo para a industrialização e ampliação da produção, a qualidade de vida deles vai melhorar. "A entrega desses equipamentos pelo Governo mostra a preocupação com os agricultores familiares. Com esse apoio, com o nosso trabalho e nossa união, a gente vai cada vez mais longe”.
Parcerias 
Para o secretário Jerônimo Rodrigues, é importante reconhecer os avanços na execução das políticas públicas, nos últimos anos, que têm percebido o potencial de cada comunidade e investido em empreendimentos que possuem a capacidade de transformar a vida dessas pessoas. Rodrigues destacou ainda a importância da parceria do governo estadual com outras instituições, a exemplo do BNDES e do Sebrae.
“Estamos construindo um projeto que vai além de uma comunidade. Estamos em um momento de celebração e conquista, apesar de ainda não termos alcançado tudo que precisamos, vamos avançar e produzir mais e com mais qualidade, agregando valor, recebendo assistência técnica especializada e continuada, para que melhore não só a renda, mas também a qualidade de vida”, afirmou Jerônimo. 
Para o produtor e presidente da Associação Comunitária Nossa Senhora Aparecida, da comunidade do Bumba, no município de Matina, Jason Fernandes Neto, o sucesso da Cozinha Semi-industrial de Produtos da Agricultura Familiar da Comunidade do Bumba é resultado não apenas do esforço de todos os associados, mas também das parcerias, com o poder público municipal e estadual e de outras instituições. “Nós agora temos condições de triplicar a produção diária e essa produção está garantindo a geração de renda das 37 famílias associadas”.
Reunião Territorial 
A programação incluiu ainda uma reunião com o Colegiado Territorial, Consórcio Público e lideranças regionais, na Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB). Foram discutidas no encontro ações da SDR e das principais demandas do território. Entre os assuntos debatidos estavam a criação de um Sistema Estadual de Políticas Públicas para o Meio Rural, a estrutura da SDR e os serviços que serão ofertados pelo Setaf, a exemplo da assistência técnica e programa Garantia Safra. Foram apresentadas também as demandas do Território Velho Chico.
Fonte: Ascom/Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR)