A conexão da rede subterrânea de telefonia e internet em cinco pontos ao longo da Avenida J.J. Seabra está sendo finalizada pela equipe da Diretoria do Centro Antigo de Salvador (Dircas), da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder). Com a execução deste serviço, os pontos nos dois lados da calçada serão interligados, permitindo assim a passagem de fios pelas empresas de telecomunicação. A obra faz parte da requalificação urbana da Baixa dos Sapateiros, do Governo do Estado.

“Uma das propostas do projeto é a transferência de parte da fiação aérea para uma vala técnica, diminuindo a poluição da paisagem com a redução dos fios”, lembrou o diretor da Dircas, Maurício Mathias, referindo-se ao projeto, que se encontra em fase de conclusão.

Orçada em R$ 13,8 milhões, já foram realizadas a recuperação de vias, passeios e praças, destacando também a reforma do Quartel do Corpo de Bombeiros, a Praça dos Veteranos e a Ladeira do Pax. A obra teve início no Aquidabã, passando ao longo da Avenida J.J. Seabra e segue até o Largo da Barroquinha, onde está sendo iniciada a revisão asfáltica e a sinalização horizontal das faixas de trânsito. Segundo Mathias, a obra da Baixa dos Sapateiros faz parte da política de valorização da cidade. Sua execução foi programada em duas etapas, sendo a primeira para a implantação da vala técnica (enterramento de fios de telefonia e internet) e a outra de requalificação urbana.

A equipe da Dircas/Conder realiza também a colocação de piso novo na área onde os vendedores ambulantes se concentram na Baixa dos Sapateiros. No local, conhecido como ‘camelódromo’, estão em andamento os serviços de drenagem pluvial e o nivelamento do terreno para colocação de piso de alta resistência.

Nova praça

A Baixa dos Sapateiros também foi um dos assuntos em pauta, na reunião entre Maurício Mathias e o diretor do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), João Carlos Oliveira, ocorrida nesta semana, na sede do Ipac, no Pelourinho.

As duas instituições elaboraram o projeto para a construção da Praça Ary Barroso – em homenagem ao compositor da música ‘Na Baixa dos Sapateiros’ –, na área dos jardins do Asilo Santa Isabel. A obra será executada pela Dircas. “A proposta reforça a parceria para a reabilitação do território”, declarou Maurício Mathias