No maior evento internacional de turismo realizado no País – a Brasil National Tourism Mart/BNTM -, que acontece desta quinta-feira a domingo (28 a 31), no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, a Bahiatursa vai buscar consolidar a Bahia como principal destino turístico do Nordeste nos mercados nacional e internacional. Para isso, realizará parcerias, contatos e negócios, além de distribuir material promocional das 13 zonas turísticas baianas, inclusive sobre o São João da Bahia. O órgão patrocina a sala de imprensa do evento, que será personalizada com o tema Bahia.

Em sua 24ª edição, a BNTM é uma grande oportunidade de exposição de destinos e produtos turísticos e, principalmente, um momento de realização de negócios e parcerias comerciais entre compradores internacionais convidados (buyers) e fornecedores nacionais (suppliers), por meio de encontros previamente agendados. Este ano, a previsão é que participem da feira cerca de 1.500 pessoas de mais de 30 países, incluindo 300 buyers e 200 suppliers, com a expectativa de mais de US$ 300 milhões em rodada de negócios.

Segundo o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado, a BNTM se tornou mais importante este ano em virtude do aumento do interesse pelo Brasil em consequência da Copa do Mundo realizada em 2014. “A bolsa de negócios trabalhava apenas com mercados consolidados. Agora, trabalha também com mercados potenciais como América Central, outros países da América do Sul, Rússia e Ásia, onde vem crescendo a procura pelo Brasil. Por isso o investimento da Bahiatursa no evento”.

A diretora de Promoções da Bahiatursa, Rosana França, afirma que a Bahia vai promover mais a abertura para novos mercados. A equipe do estado conta com uma baiana distribuindo fitas do Senhor do Bonfim e está empenhada em divulgar o São João da Bahia e os segmentos sol e praia, ecoturismo e turismo cultural. “O importante é ir além dos mercados prioritários, que são a América do Sul, os Estados Unidos e Europa”.

A BNTM foi criada em 1992, por iniciativa da Fundação Comissão de Turismo Integrado do Nordeste (CTI- NE), com o objetivo de aproximar o trade turístico nacional (hoteleiros, agentes de viagens, operadoras) dos maiores compradores do produto Brasil (operadoras turísticas internacionais que atuam nos principais mercados emissores para o país, em especial para o Nordeste). O evento é sempre sediado em um dos estados nordestinos.

Feira amplia percentual de crescimento do turismo na região

Pesquisas coordenadas pela Fundação CTI-NE – formada pelos órgãos oficiais de turismo dos nove estados que compõe o Nordeste brasileiro – indicam que, a cada edição da BNTM, o turismo na Região Nordeste tem um crescimento de 8% a 10%. Para o estado anfitrião, esse percentual pode chegar a 14%.

Em 2014, mais de 27 países, com cerca de 400 operadores nacionais e internacionais (80% internacionais e 20% nacionais), participaram da rodada de negócios, com 210 fornecedores nacionais (hotéis, pousadas, agentes de viagens, Cias. aéreas, receptivos, entre outros) gerando, segundo a CTI/NE, um volume de US$ 200 milhões de dólares.