O município de Alagoinhas, no nordeste baiano, com uma população estimada em 153 mil habitantes, se consolidou como um polo regional de desenvolvimento, em decorrência da instalação de indústrias de bebidas. O crescimento econômico provocou o aumento na frota de veículos na última década, o que levou o Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) a reforçar as ações educativas e de fiscalização na cidade.

Na segunda-feira (25), o órgão iniciou as atividades do projeto ‘Caravana do Detran’, como ação integrante da programação do ‘Maio Amarelo’, movimento internacional pela redução no número de acidentes. Policiais militares e agentes de trânsito assistiram a palestras do Detran sobre procedimentos administrativos, no 4º Batalhão da PM.

“É também nosso papel capacitar esses servidores públicos, para que eles possam autuar corretamente os condutores que cometem infrações, além de diminuir o número de autos de infração que são cancelados, em virtude de falhas no preenchimento”, disse o coordenador do projeto, major Luide Souza.

Na operação de fiscalização, realizada em parceria com a Polícia Militar, três ferros velhos foram notificados por falta de documentação. A caravana fica em Alagoinhas, sede da 2ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), até esta quinta (28), onde ainda serão realizadas biltze e ações educativas em escolas públicas.